Crédito: Divulgação

Formas de apoio à produção orgânica pautaram uma reunião realizada na última segunda-feira, na Câmara de Vereadores de São José do Sul. O evento reuniu representantes da prefeitura, da Emater/RS-Ascar e da Associação de Produtores Ecológicos de Dom Diogo (ASPEDD).

A associação conta, atualmente, com sete famílias de produtores, que produzem morangos, citros, abacate e outras frutas, além de olerícolas. “A ideia é remobilizar o grupo, ouvindo suas demandas, seus anseios, expectativas e dificuldades para que haja um alinhamento entre as intenções de todos”, salienta a extensionista da Emater/RS-Ascar Rogéria Flores, que destaca que um dos próximos passos da entidade será a de formalizar uma agroindústria familiar.

Participaram da reunião a prefeita Juliane Bender, o vice Laerte Junges, a secretária de Agricultura e Meio Ambiente Magali Lottermann, o secretário de Educação Paulinho Brand e a presidente da Câmara de Vereadores Barbara Schadler, além dos extensionistas Pedro Veit e a já citada Rogéria Flores. A articulação prevê o aporte de recursos para a construção de cisternas via Consulta Popular. Já o Pnae buscará utilizar 100% da verba que vem do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Outras ações, como a reabertura da Feira Belezas e Sabores e participação no canal Conversando com a Comunidade pautaram o encontro, que tem apoio de outras parcerias, como o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here