Grandes empresas pedem apoio ao BNDES devido aos prejuízos causados pelas enchentes

Reunião aconteceu no Rio de Janeiro - Crédito: Arquivo Pessoal/Ângelo Fontana

Representantes de grandes empresas gaúchas atingidas pelas enchentes no ano passado, em setembro e novembro, nos Vales do Taquari e Caí, participaram na última segunda-feira, dia 5, de uma reunião na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no Rio de Janeiro. O objetivo do encontro foi buscar a liberação de crédito subsidiado que chegou a ser anunciado pelo Governo Federal, mas que ainda não se concretizou.

Até o momento foram garantidos recursos para pequenas empresas através do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), já encerrado, e também para agricultores. Participaram da reunião representantes de dez grandes empresas, entre elas a Oderich Alimentos, de São Sebastião do Caí, que apresentaram suas demandas, incuindo a liberação de recursos, alongamento de prazos para pagamentos de empréstimos já contraídos e em andamento e novas linhas de crédito. A diretoria do BNDES vai analisar caso a caso e ficou de responder sobre as alternativas possíveis de apoio.

A Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul) também entregou uma carta protocolada e endereçada à diretoria do BNDES, assim como para o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta, e aos deputados federais gaúchos, relatando a situação de 16 empresas atingidas pelos desastres que necessitam de auxílio.

0 Comentários

Deixe um Comentário

seis + dez =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página