Doença é transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti e por isso a população deve ajudar na prevenção, evitando de deixar água parada - Reprodução/FN
Desde quarta-feira, 12 de maio, foram confirmados 7 casos de Dengue em São Sebastião do Caí. Esses 7 casos são todos de pessoas residentes no Loteamento Popular e São José, e existem mais 10 casos suspeitos em análise.
Diante dessa situação, a Prefeitura chama a atenção de toda a população para tomar todos os cuidados necessários com a limpeza de pátios e eliminando todo e qualquer recipiente que possa acumular água e se tornar um criadouro do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue e de outras doenças como zica e chikungunya.
A Secretaria de Obras está intensificando a limpeza desse e de outros bairros da cidade.
Nos próximos dias a Vigilância Ambiental, juntamente com o CEVS (Centro Estadual de Vigilância em Saúde) estará no bairro para fazer o controle do mosquito, com aplicação de larvicida específico para esse fim.
Paralelamente a isso, na última sessão da Câmara de Vereadores foi aprovado projeto do Executivo autorizando a contratação emergencial de 12 Agentes de Endemia, para atuarem nos trabalhos de combate do mosquito Aedes Aegypti.
É importante ressaltar que não existe vacina contra a Dengue disponível no SUS. Dessa forma a única maneira de se evitar efetivamente a Dengue é eliminando os criadouros do mosquito.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here