Polícia prendeu acusado e apreendeu pistola utilizada no crime - Crédito: Polícia Civil

Policiais da 1ª Delegacia de Polícia de Montenegro prenderam em flagrante o acusado pela morte do empresário da localidade de Linha Catarina, no interior de Montenegro.

Tão logo compareceram ao local do homicídio ocorrido por volta do meio-dia de hoje, sexta-feira, dia 2, policiais da 1ª DP iniciaram deslocamento para a cidade de Gravataí, onde o suspeito mora, a fim de tentar prendê-lo. Segundo informações, após atirar em Alfredo Ernani Haas, de 57 anos, o acusado fugiu num caminhão, carregado de carvão, junto com outros dois indivíduos, que seriam menores de idade.

Durante as diligências, os policiais civis foram informados que o suspeito, com idade de 32 anos, havia se apresentado no Quartel do 17º BPM de Gravataí. De acordo com o delegado Andre Roese, ao ser questionado sobre o fato, o acusado alegou legítima defesa e mentiu que teria jogado a arma em um rio. Posteriormente, em conversa, o delegado diz que ele informou o paradeiro da arma na mesma cidade, onde a pistola acabou sendo apreendida. Os dois indivíduos que acompanhavam o acusado serão arrolados como testemunhas.

Conforme o delegado, Informações preliminares indicam que a vítima surpreendeu o suspeito carregando carvão em sua empresa, tendo solicitado que parasse o carregamento em razão de dívida que estaria superando R$ 50.000,00. Como o suspeito continuou o carregamento, a vítima teria ido buscar uma espingarda em sua residência. Na volta teria sido recebido com três disparos de pistola pelo suspeito. A espingarda da vítima foi encontrada no chão do galpão, descarregada.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here