Delitos envolvem aglomerações, posse de drogas e infrações de trânsito - Crédito: BM

Durante o final de semana, entre a noite de sexta-feira e a madrugada desta segunda-feira, 9 a 12 de julho, a brigada Militar, juntamente com a Guarda Municipal, realizou diversas ações em Montenegro no que diz respeito ao combate a pandemia do coronavírus. No total foram registrados 42 termos circunstanciados (TCs) de pessoas que não estavam cumprindo os protocolos previstos no artigo 268 do Código Penal, acusadas de infringir determinação do poder público destinado a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Segundo o comandante do policiamento, tenente Daniel Augusto de Souza, foram registrados delitos praticados contra a incolumidade pública, necessária para evitar o risco coletivo com relação à garantia de bem-estar e segurança das pessoas em situações que possam causar ameaça. A maioria são casos de não cumprimento do distanciamento social, inclusive com aglomerações e não uso de máscara, violando as normas de prevenção a saúde pública em tempos de pandemia. A Brigada intensificou as ações após baderna ocorrida no domingo retrasado na Rua Buarque de Macedo, próximo de um posto de combustíveis, quando vídeos registraram brigas e aglomerações.

Entre a noite de sexta-feira e madrugada de sábado foram registrados 5 termos circunstanciados (TCs), sendo 4 na Rua Buarque de Macedo, entre Flores da Cunha e Santos Dumont, justamente o trecho onde ocorreu a baderna, mais um num estabelecimento comercial da Timbaúva e dois por posse de drogas. Já entre a noite de sábado e madrugada de domingo mais 4 TCs , dos quais 3 na Buarque de Macedo e um num estabelecimento do centro. E entre a noite de domingo e madrugada desta segunda-feira mais 2 TCs no mesmo trecho da Rua Buarque de Macedo, um boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) com apreensão de dois adolescentes e um caso de resistência e desacato.

Foram lavrados ainda 18 autos de infrações de trânsito durante as ações.

O novo comandante do 5º BPM, tenente-coronal Oberdan do Amaral Silva, ressalta que a Brigada vai intensificar as abordagens. “Vamos atuar com força”, destaca. Denúncias podem ser encaminhadas através do telefone 190.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here