Ligação asfáltica entre Capela de Santana e a BR 386 vai encurtar a distância do Vale do Caí com Porto Alegre - Reprodução/FN

Um momento histórico acontece hoje, segunda-feira, 6 de junho, no Vale do Caí. Será assinada a ordem de serviço para o tão sonhado asfaltamento da Rodovia Transaçoriana nos trechos de Capela de Santana e Portão.

Após o processo de licitação, as obras estão previstas para iniciarem nesta semana, dependendo das condições do tempo, já que para hoje e próximos dias tem previsão de chuva. Mas o importante é que a obra tem recursos destinados. Para a primeira etapa, em Capela de Santana, serão três quilômetros de asfalto, ficando faltando 1,7 quilômetro para o total de 4,7 quilômetros do trecho do município. A previsão de conclusão é até o final de agosto, com investimento de quase 5 milhões de reais, sendo R$ 3,8 milhões destinados pelo Governo Federal e R$ 1,1 milhão de recursos próprios da Prefeitura da Capela.

O prefeito Alfredo Machado destaca que a indicação dos recursos foi do senador Luís Carlos Heinze, através de emenda parlamentar. No total deverão ser investidos 8 milhões de reais na Transaçoriana, divididos entre os trechos de Capela de Santana e Portão. A assinatura da ordem de serviço na Capela, com a presença do senador Heinze, deputado federal Pedro Westphalen, deputado estadual Issur Koch, todos do Progressistas, e demais autoridades, além da comunidade em geral, está prevista para a manhã desta segunda-feira, às 9 horas, na Câmara de Vereadores. “Será um marco histórico para Capela e região”, comemora o prefeito Alfredo Machado.

Ligação importante

A obra é resultado de uma grande mobilização regional, pois vai encurtar distâncias e facilitar a ligação do Vale do Caí com a Grande Porto Alegre, Serra e Vale do Sinos. Considerada uma alternativa importante para desafogar a BR-116, a Transaçoriana é conhecida por ligar as cidades de Portão, Capela de Santana e Nova Santa Rita à BR-386, sendo uma das principais rotas de escoamento da produção local. Para completar a pavimentação da estrada, restam 11 quilômetros para serem asfaltados.

Diariamente milhares de motoristas do Vale do Caí e da Serra utilizam a BR-116 por não terem outra alternativa de acesso a Porto Alegre. A Transaçoriana será uma nova opção enquanto que a extensão da BR-448 (Rodovia do Parque) ainda não se torna realidade, contribuindo para desafogar a 116. Irá inclusive beneficiar moradores de São Sebastião do Caí, Feliz, Bom Princípio e municípios vizinhos, numa ligação direta com a BR 386 e em seguida com a BR 448, ainda mais após o asfaltamento do trecho do Caí do Passo da Taquara, ligando a RS 122 com a RS 240, e com a Transaçoriana. Também será alternativa para desviar do pedágio, tanto da atual praça do Portão como das futuras no Areião (RS 122 no KM 4 no Caí) e no Paquete (RS 240 no KM 30 na Capela).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here