Acusado teria queimado o corpo da vítima na propriedade em que morava com ele, em Passo da Amora - Crédito: Polícia Civil

Policiais da 1ª Delegacia de Montenegro efetuaram nesta quinta-feira, dia 12, a prisão do indiciado pela morte de Ênio de Souza. O crime teria ocorrido em 4 de junho deste ano na localidade de Passo da Amora, no interior de Montenegro.

Polícia prendeu novamente o acusado do homicídio
– Crédito: Polícia Civil

O acusado, de 36 anos, já havia sido preso temporiamente anteriormente pelo crime, sendo posto em liberdade pelo encerramento do prazo da prisão temporária. Conforme o delegado André Roese, com o resultado da perícia de DNA, comprovou-se que a ossada encontrada parcialmente carbonizada na propriedade da vítima, bem como o sangue no seu quarto, eram de Ênio, sendo então o acusado indiciado por homicídio triplamente qualificado, destruição de cadáver e fraude processual. A Polícia Civil representou pela sua prisão preventiva, que foi deferida pela Justiça na data de hoje e cumprida de imediato pelos policiais montenegrinos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here