Crédito: Cleo Meurer/Arquivo/FN

A administração municipal de Barão publicou, nessa sexta-feira, dia 20, decreto de calamidade pública em razão do acelerado avanço da pandemia do Covid-19. Entre as consequências do ato, está a suspensão, a partir da segunda-feira, dos atendimentos ao público em repartições municipais.

A orientação à comunidade é de que faça suas solicitações por meio de telefone e/ou e-mail, sendo que os contatos estão disponibilizados no site da prefeitura (www.barao.rs.gov.br). Serviços pela Secretaria da Agricultura, Obras e Viação somente serão realizados em casos de emergência.

As unidades básicas de atendimento seguirão com expediente. Contudo, a população somente deverá se dirigir aos locais em casos de extrema necessidade. Os agendamentos para consultas médicas foram reduzidos para que os profissionais se concentrem no atendimento a pacientes com sintomas gripais. Marcações de fisioterapia, nutrição e psicologia foram suspensas.

O mesmo decreto não determina, mas recomenda que serviços e atividades privadas não essenciais permaneçam temporariamente fechados, exceto farmácias, clínicas de saúde, supermercados, restaurantes, revendas de gás e postos de combustíveis.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here