Reforço da quarta dose é importante para os idosos acima de 80 anos, que tenham tomado a dose três quatro meses atrás - Reprodução/FN
Que a vacinação contra a Covid-19 é a grande responsável pela diminuição do número de mortes e casos da doença em todo o mundo está provado. No entanto, a proteção completa só acontece depois que a pessoa recebe a segunda dose e o reforço. Neste momento, uma das preocupações da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) é a imunização de crianças, serviço que conta, neste momento, com procura abaixo da esperada em Montenegro.
De acordo com a chefe do setor de Imunizações, Nicole Ternes, a segunda dose é importantíssima para a completa proteção da criança. Segundo ela, é fundamental que os pais vejam na carteirinha do filho ou da filha se já está na hora de receber a dose 2. As crianças que foram vacinadas com a Pfizer podem tomar a segunda injeção oito semanas depois da primeira. Se o pequeno recebeu imunizante Coronavac, o intervalo é de 28 dias, o mesmo período dos adultos. Nicole explica que, nos últimos dias, tem se apresentado um pequeno aumento na procura pelas segundas doses infantis.
De 19 de janeiro a 15 de março, 2.824 crianças foram vacinadas com a primeira dose no município, somando 47% do público alvo. No mesmo período, apenas 77 foram imunizadas com a dose 2. “No dia 15 março, por exemplo, 14 crianças foram vacinadas em Montenegro com a dose 1, um número considerado baixo”, afirma.
Nicole explica que os dados de mortes e casos só continuarão diminuindo se grande parte da população for vacinada, incluindo os pequenos. “A vacina não só reduz a transmissão da Covid-19, como previne casos graves e mortes, ajuda na imunização indireta, sem contar que foi aprovada pelas principais agências reguladoras do mundo”, enfatiza.
As doses 1 e 2 para crianças de 05 a 11 anos seguem sendo aplicadas diariamente por agendamento pelos telefones 3632-0138 e 99828-3404. O serviço está disponível na ESF 1, no bairro Germano Henke, e na ESF 3, no bairro Industrial. Já para a partir dos 12 anos, as doses 1 e 2, assim como o reforço da terceira dose para os com mais de 18 anos, a aplicação das vacinas ocorre na Secretaria Municipal da Saúde (Assistência) na Timbaúva (8h às 12h e 13h às 17h) e na UBS Centro da Rua Ramiro Barcelos (perto da rodoviária) das 17h às 21h.
Vacinação no sábado
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Montenegro promove, neste sábado, mais um dia especial de vacinação de crianças contra a Covid-19. Serão imunizados os pequenos na faixa etária de 5 a 11 anos, com as doses 1 e 2, sem agendamento.
A aplicação acontecerá das 8h às 12h na Unidade Básica de Saúde (UBS) Centro e na sede da Secretaria Municipal de Saúde, por ordem de chegada. Lembrando que a criança precisa aguardar 20 minutos na unidade após a injeção. É obrigatório que o vacinado esteja acompanhado de um familiar maior de idade que apresente a documentação necessária: caderneta de vacina da criança e CPF (Cadastro de Pessoa Física) ou cartão SUS (Serviço Único de Saúde).
Segundo a chefe do setor de Imunizações, Nicole Ternes, é necessário intervalo de 15 dias entre a vacina do Covid-19 e demais vacinas. “Em caso de contato com Covid, é preciso aguardar 28 dias após o resultado do exame positivo. Sem contar que não serão vacinadas crianças com sintomas gripais”, enfatiza Nicole.
Durante a semana, a vacinação segue acontecendo nos postos da Germano Henke e Industrial. Essas, no entanto, apenas por agendamento pelos telefones 3632-0138 ou 99828-3404. “É importante que os pais aproveitem esse dia para levarem seus filhos para vacinar. A vacina não só reduz a transmissão da Covid-19, como previne casos graves e mortes, ajuda na imunização indireta”, salienta Nicole. Apesar da publicação do decreto que libera o uso de máscara no município, como se trata de um serviço de saúde, o uso da proteção segue obrigatório nas unidades médicas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here