Em março a Câmara já ficou lotada (foto) e o projeto acabou sendo retirado pelo Executivo - Crédito: Guilherme Baptista/FN

Apesar da retirada do projeto de mudança no plano de carreira do magistério municipal, que não entrou na pauta de votação, a Câmara Municipal recebeu na noite de hoje, quinta-feira, dia 17, recorde de público da atual legislatura. E provavelmente um dos maiores públicos de sua história. Não só o auditório ficou completamente lotado, como também o saguão em que foi colocado um telão e também na parte externa. A maior presença era de professores municipais, mas também de demais servidores e comunidade em geral. E a sessão também teve grande audiência através das redes sociais, já que era transmitida ao vivo.

Não faltaram cartazes e até um listão na frente da Câmara. Todos os vereadores se manifestaram, destacando principalmente a importância do diálogo e só assim o projeto acabou sendo retirado pelo prefeito Gustavo Zanatta para a proposta ser melhor analisada. O projeto, que recebeu protestos de professores e do Sindicato dos Profissionais de Educação (Sinpedu), contrários a desvinculação do nível 1, gerou muita polêmica e discussão ao longo dos últimos dias. A direção do Sipedu entende que a proposta provocaria um achatamento do plano de carreira do magistério e pediu a concessão do aumento do piso de 33,4%, com base em determinação do Governo Federal, sem modificação no nível 1. A presidente do Sindicato, Lucied Proença, elogiou a retirada do projeto e destacou a grande mobilização da categoria. O prefeito acatou o pedido para ampliar a discussão e anunciou a criação de um grupo de trabalho, com a participação de professores, governo, Sindicato e vereadores, visando buscar alternativas, de forma que se possa atender a demanda sem comprometer as finanças do município.

Na mesma noite foram aprovados os projetos de reposição salarial de 10.6% de todos os servidores, incluindo também os profissionais da educação, com base na inflação oficial do ano passado.

No auditório, saguão e até da rua, grande número de pessoas acompanhou a sessão desta noite
– Crédito: Guilherme Baptista/FN e ACOM/Câmara

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here