No projeto de concessão, Governo propõe que pedágio no Portão seja desativado e dividido em duas novas praças, o que tem gerado protestos - Crédito: Jefferson Bernardes/Agencia Preview/EGR

Uma reunião importante está marcada para o início da tarde de hoje, quinta-feira, dia 17, às 13h30, em Porto Alegre.

Os prefeitos de de São Sebastião do Caí, Júlio Campani; Bom Princípio, Fábio Persch; e de Portão, Kiko Hoff; terão encontro com o secretário estadual extraordinário de parcerias, Leonardo Busatto. Em pauta o anúncio da mudança do local do pedágio, que com a concessão deve deixar o município de Portão e se transferir para outro ponto da RS 122, enquanto na RS 240 deixará de ser cobrado.

Chegou a ser anunciado que a praça do pedágio iria para a altura do quilômetro 22,5, próximo da ponte do rio Caí, no bairro Bela Vista. Mas são estudadas também outras alternativas como dois trechos do Caí, nos bairros Areião ou Conceição.

Lembrando que o novo local do pedágio, que deve começar a funcionar em um ano, terá cobrança nos dois sentidos e não haverá isenção para os moradores. Por outro lado estão previstas melhorias e obras de pavimentação, duplicação, segurança e serviços.

Consultas públicas, para manifestações da população via internet, iniciam nesta sexta-feira e em julho devem ocorrer audiências públicas. O leilão, que definirá a empresa que vai ganhar a concessão, está previsto para dezembro.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here