Caiense Victória Cardoso lança disco Mulheres, com forte crítica social

Lançamento do primeiro EP será no Dia da Mulher, em 8 de março, e na quinta-feira terá evento ao vivo - Crédito: Divulgação

Victória Cardoso, de São Sebastião do Caí, realizou seu primeiro lançamento musical “Onde Quer Que Eu Vá” em outubro de 2021 para todas as plataformas digitais pela LG Música, com direito a Web Clipe, alcançando uma ótima aceitação do público em geral.

A artista que chegou para ficar, desde então iniciou a produção do seu primeiro EP contendo três músicas com um tema mais do que polêmico, o mundo feminino. “Mulheres” é o título do EP e da faixa 3 que inclui relatos reais de mulheres do Vale do Caí contando seus traumas com assédio e no dia 8 de março nasce no mundo das plataformas digitais.

Lançamento será no Dia da Mulher, em 8 de março, terça-feira
– Divulgação/FN

A Faixa 1 (Mulher Tentação) e 2 (Mulher da Minha Vida) seguem na linha do primeiro lançamento com uma sonoridade Pop Soul e Letras Românticas. Já a faixa 3 (Mulheres [Mundo Paralelo]) inova a cara da artista com uma crítica em Rap sobre o assunto Assédio Sexual, sendo voz de muitas mulheres.

A Produção do EP foi realizada na LG Música, do Caí, pelo produtor musical Lele Griebler, que participou também como músico nas gravações dos instrumentais. Além de guitarras, baixos, teclados e baterias Eletrônicas do EP, a faixa 3 conta com relatos reais de mulheres do Vale do Caí contando suas experiências.

A arte da capa foi criada por Gustavo Nienov. O Pré Save da Obra está disponível nas redes sociais da Victória e da LG Música.

O lançamento Oficial ocorre no dia da Mulher, em 8 de março, terça-feira, em todas as plataformas digitais. E terá o lançamento ao vivo no dia 10, quinta-feira, em evento da Prefeitura de São Sebastião do Caí.

A história de Victória

Victória iniciou na música em aulas de violão do Cemaca
– Divulgação/FN

“Sempre gostei demais do mundo da música. Mas o que despertou a vontade de fazer música e viver dela foi com 8 anos, quando comecei aulas de violão no CEMACA (Centro Municipal dos Alunos Caienses”, lembra a artista caiense. E nos 5 anos de Cemaca recorda que fez diversas apresentações pela cidade, como no Centro de Cultura, Praça e escolas da região. “Após isto fiz alguns shows em bares, mas infelizmente parei após a pandemia”, completa, esperando que após o lançamento do disco volta aos palcos.

Aos 17 anos Victória entrou no mundo da composição e hoje, com 20 anos, coleciona mais de 70 composições autorais. “Em agosto do ano passado assinei contrato com a LG Música, de Lele Griebler, também de São Sebastião do Caí, que vem abrindo portas pra vários artistas locais”, conta. Já em Outubro lançou seu primeiro Single – “Onde quer que eu vá”, que fala sobre amor, com direito a Webclip Oficial. “E agora dou um grande passo na minha carreira, onde lanço meu primeiro EP”, comemora.

0 Comentários

Deixe um Comentário

14 − três =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página