Vacinação ocorre no Parque Centenário - Arquivo/FN

Após dois dias de aplicações da primeira dose da vacina Pfizer/Biontech nos postos, a Secretaria Municipal de Saúde volta a imunizar a população também com a Oxford/Fiocruz. Será nesta sexta-feira, dia 4, no Parque Centenário, das 8h às 16h, no sistema drive-thru.

O público a ser atendido é o das pessoas com comorbidades e com deficiências permanentes, com idade a partir dos 18 anos. No mesmo horário e local, também serão aplicadas as doses 2 da própria Oxford/Fiocruz, para quem fez a primeira há 12 semanas; e da Coronavac/Butantan naqueles que ainda não concluíram o esquema vacinal.

De acordo com a enfermeira Nicole Ternes, chefe do Setor de Imunizações da SMS, tanto os deficientes quanto as pessoas com comorbidades devem apresentar documentos para confirmar estas condições de saúde. Valem laudos, receitas de medicações de uso contínuo ou algum outro comprovante atualizado. Aqueles que já deixaram pré-agendada para a semana que vem a aplicação da Pfizer/Biontech nos postos de saúde também podem ir ao Parque e antecipar a imunização, se estiverem enquadrados nos grupos a serem atendidos.

Quem será vacinado na sexta-feira
– Pessoas de 18 anos ou mais que tenham: Diabetes, Hipertensão, Câncer, Pneumopatias, Doenças coronarianas, Doenças renais, Doenças cardiovasculares, Hemoglubinopatias, Obesidade (grau 3), Cirrose hepática, Imunossuprimidos
– Pessoas de qualquer idade, a partir dos 18 anos, que tenham: Síndrome de Down e Doenças renais crônicas (em diálise)
– Pessoas com deficiência permanente, cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC)
– Pessoas com limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escadas.
– Indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de ouvir mesmo com uso de aparelho auditivo.
– Indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de enxergar mesmo com uso de óculos.
– Indivíduos com alguma deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais, como trabalhar, ir à escola, brincar, etc.
– Pessoas de qualquer idade que estejam aptas a receber a segunda dose das vacinas Oxford/Fiocruz (12 semanas após a primeira) e Coronavac/Butantan.

Vacinação dos professores inicia segunda-feira pela Educação Infantil

O governo do Estado finalmente confirmou o encaminhamento de vacinas a Montenegro para iniciar a imunização dos profissionais da Educação. Da Oxford/Fiocruz, as ampolas serão liberadas na segunda-feira de manhã, dia 7, e, já à tarde, começa a aplicação no drive-thru do Parque Centenário. O primeiro grupo atendido será exclusivamente o dos educadores, assistentes, auxiliares e demais funcionários das escolas de Educação Infantil, tanto da rede pública quanto privada, e aqueles vinculados ao Lar do Menor. A previsão é de que sejam em torno de 500 unidades, suficientes para atender a todos.

De acordo com a secretária municipal de Educação e Cultura, Ciglia da Silveira, trata-se de uma excelente notícia e de uma vitória para a Educação. “Com o retorno das aulas presenciais, quanto mais pessoas estiverem vacinadas, menores as chances de a Covid-19 fazer novas vítimas. É bom para os professores e funcionários das escolas, mas também para as crianças e as famílias”, observa, entusiasmada.

A secretária municipal da Saúde, Cristina Reinheimer, revela que somente na quarta-feira, durante reunião com autoridades estaduais, Montenegro teve autorização para iniciar a vacinação do pessoal da Educação. “A partir de segunda, vamos trabalhar paralelamente na imunização das pessoas com comorbidades, deficientes e outros grupos prioritários e dos professores e funcionários da Educação”, aponta.

A primeira remessa voltada à Educação será administrada em dois turnos: segunda de tarde, das 12h às 16h, devem ir ao Centenário os profissionais que dão aulas na parte da manhã; e na terça, das 8h às 12h, os que estão nas escolas no turno da tarde. Os beneficiários devem ir até suas escolas para retirar uma senha antes de se dirigir ao Parque. Além dela, será preciso apresentar documento contendo o CPF e algum comprovante de vínculo com Escola de Educação Infantil de Montenegro ou com a Sociedade Beneficente Espiritualista, entidade mantenedora do Lar do Menor.
A SMEC informa que não há necessidade de correria e nem de formação de grandes filas, pois o número de vacinas deve ser suficiente para este primeiro segmento. Inclusive, indica que 28% dos profissionais da Educação Infantil de Montenegro já receberam pelo menos uma dose de imunizante porque se enquadram no perfil etário que já foi atendido ou possuem alguma comorbidade. Quando chegar nova remessa, será a vez do pessoal que atende as séries iniciais do Ensino Fundamental.

O prefeito Gustavo Zanatta recebeu a informação sobre o começo da vacinação das equipes de Educação com alegria. “Há muito tempo vínhamos defendendo a inclusão desses profissionais nos grupos prioritários, mas as amarras legais nos impediram de agir. Aos poucos, com coragem e determinação, vamos vencer o coronavírus”, garante.

Serviço
Início da vacinação dos professores e profissionais das Escolas de Educação Infantil da rede pública e privada e do Lar do Menor
Vacina – Oxford/Fiocruz
Quando – Segunda-feira (7), das 12h às 16h, para quem trabalha de manhã; e terça (8), das 8h às 12h, para quem trabalha à tarde. Antes, todos devem ir às suas escolas retirar uma senha.
Onde – Parque Centenário
O que levar – a senha, documento de Identidade com CPF e comprovante de vínculo com EMEI de Montenegro
Observação: serão atendidas tanto as pessoas que forem de carro quanto as que comparecerem a pé

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here