Proposta visa aproximar a biblioteca das crianças, jovens e adultos que, através de vídeos, já que devido a pandemia não podem ir até o prédio para desfrutar dos livros - Reprodução/FN
A Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC)/Departamento de Cultura, por meio da Biblioteca Pública, realiza, a partir deste mês, o projeto “Biblioteca vai à Escola e à Comunidade”. A proposta visa aproximar a instituição local de crianças, jovens e adultos que, no atual momento, não podem ir até o prédio para desfrutar do acervo.
Vídeos estão sendo divulgados nas redes sociais
– Reprodução/FN
Em condições normais, anualmente, a Biblioteca Pública Municipal Hélio Alves de Oliveira recebe milhares de alunos que são apresentados aos livros, aos materiais pedagógicos e às horas do conto. De acordo com a diretora da Biblioteca, Maria Therezinha Kraemer Canello, a Nica, essa relação, mesmo com a pandemia, não pode se perder. “Queremos nos aproximar da população neste momento tão complicado que vivemos”, ressalta. A ideia é lançar vídeos, uma vez por mês, com atividades que ocorrem rotineiramente na Biblioteca.
Para o lançamento do projeto, está sendo divulgado um vídeo de uma contação de história da escritora, professora e patrona da Feira do Livro de Montenegro 2020, Tatiana do Espírito Santo. A produção ainda conta com um depoimento da secretária municipal de Educação e Cultura, Ciglia Silveira, que fala sobre os benefícios da iniciativa. O objetivo é que o vídeo chegue a um maior número de pessoas e, principalmente, às crianças que, neste momento, estão em atividades escolares remotas pela pandemia da Covid-19.
A ação também é uma comemoração ao Dia Nacional do Livro Infantil, celebrado em 18 de abril. Segundo dados da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, de 2015 para 2019, a porcentagem de leitores no Brasil caiu de 56% para 52%. Já os não leitores, ou seja, brasileiros com mais de 5 anos que não leram nenhum livro, nem mesmo em parte, nos últimos três meses, representam 48% da população, o equivalente a cerca de 93 milhões de um total de 193 milhões de brasileiros.
De acordo com Nica, a leitura é um dos pilares na educação de um povo. “Ler dá perspectiva, vocabulário, ideias e companhia. Embeber-se em histórias é viver de forma ampla, aumenta o mundo e o faz sair do senso comum”. A frase do escritor Leandro Karnal, segundo a diretora da Biblioteca, representa bem a influência dos livros na sociedade. O incentivo à leitura também é um dos objetivos deste novo projeto.
https://fb.watch/4RaPZ46JVV/
https://www.youtube.com/watch?v=ixW6X1CZvNs

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here