Veterinário caiense integra equipe que conquistou o Freio de Prata na Expointer

Égua Labareda Da Maior foi a segunda colocada em Esteio - Crédito: Fagner Almeida

A 45ª Expointer chegou ao final no último domingo, dia 4, em Esteio, com público recorde de quase 750 mil pessoas e mais de 7 bilhões de reais em vendas, superando as projeções. O tempo bom e a expectativa de retorno de todas as atividades presenciais após dois anos de restrições devido à pandemia colaboraram para que a feira deste ano fosse à maior de todos os tempos. Só nas negociações envolvendo máquinas agrícolas os números superaram os 6,6 bilhões de reais. Nos animais cerca de R$ 12 milhões. No pavilhão da agricultura familiar as vendas passaram de 8 milhões. E já fica a expectativa de uma feira ainda maior na 46ª edição em 2023.

Um dos momentos mais esperados da Expointer é o Freio de Ouro, que envolve as provas do cavalo crioulo. Foram cinco dias de provas e 96 participantes de três países. E um veterinário caiense teve participação importante na conquista do segundo lugar da categoria fêmea.

Henrique Adamy com o treinador/ginete e os proprietários da égua comemora a conquista
– Reprodução/FN

Henrique Adamy é formado na Ulbra faz um ano e trabalha exclusivamente com a parte ortopédica e clínica esportiva de eqüinos. E está na equipe da Estância Tamareira, de Santa Rita do Passa Quatro (SP), que com a fêmea Labareda Da maior conquistou o Freio de Prata. Ficou atrás apenas de uma égua de Dom Pedrito.

Henrique ressalta que Labareda da Maior vai fazer 9 anos. Ela ganhou a credenciadora de Rolante, que é a primeira seletiva, ficou em reserva no Bocal de Ouro e devido à alta nota foi chamada para concorrer à final. “Essa égua foi criada em Lages (SC), treinada em Santo Antônio da Patrulha e o atual proprietário é de São Paulo”, diz. Sobre o resultado na Expointer, o caiense considera que foi excelente. “Foi uma final de Freio de Ouro com nível altíssimo e concorrentes muito bons”, avalia. “É um trabalho de um ano todo que é decidido naquela semana. Tudo precisa estar alinhado dentro da equipe”, completa. E com a conquista em Esteio, Labareda da Maior se credencia para concorrer na Argentina no final de março e início de abril, concorrendo com os três últimos ganhadores do freio de ouro e prata do Brasil, Uruguai e Argentina.

 

 

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

quinze − nove =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página