Professores (foto), pessoas com comorbidades e mais faixas etárias estão sendo beneficiadas com vacina contra o coronavírus Crédito: ACOM/Prefeitura de Montenegro

Na medida em que avança a vacinação, a expectativa é de redução nos casos de coronavírus no Rio Grande do Sul.

O governador Eduardo Leite disse que a previsão é de que todos os gaúchos acima de 18 anos estejam vacinados, com pelo menos uma dose, até o final de setembro. E com as duas doses até dezembro. Isso representaria quase 80% dos cerca de 11 milhões de habitantes do Estado. O governador declarou que o Rio Grande do Sul deve receber mais de 2 milhões de doses ainda neste mês de junho, o que permitirá concluir a vacinação de pessoas com comorbidades, professores e ampliar a faixa etária dos demais. Para isso é importante ampliar a oferta de vacinas encaminhadas pelo Ministério da Saúde. A meta de vacinar toda a população adulta gaúcha até setembro só será alcançada se ampliar o ritmo de vacinação em cerca de 85%.

Vacinação na região

Os municípios do Vale do Caí estão ampliando a vacinação contra a Covid-19 para mais grupos.

No Caí, além dos professores (foto), amanhã começam a ser vacinadas pessoas a partir dos 55 anos
Crédito: Prefeitura do Caí

Em São Sebastião do Cai, amanhã, quinta-feira, dia 10, haverá drive-thru no Parque Centenário para vacinar pessoas a partir de 55 anos, entre 8h e meio-dia e das 13h às 16h. Já para quem não tiver como ir de carro, a vacina será aplicada na Secretaria da Saúde, a partir de sexta-feira, dia 11, ou nos postos de saúde mediante agendamento. Importante levar documento com foto e CPF ou Cartão SUS. E pode colaborar com doação de um quilo de alimento não perecível para a campanha contra a fome. Também prossegue a vacinação para pessoas com deficiência permanente, profissionais da educação, gestantes, puérperas e pessoas com comorbidades a partir dos 18 anos, além da aplicação da segunda dose. Os próximos grupos beneficiados deverão ser caminhoneiros e trabalhadores do transporte coletivo.

Em Montenegro, com drive-thru e a pé, no Parque Centenário, entre 8h e 16h, além da aplicação da segunda dose, estão sendo vacinados professores e profissionais da educação infantil e do ensino fundamental, pessoas com comorbidades e deficientes com mais de 18 anos. Já gestantes e puérperas com comorbidades, a vacina ocorre na Vigilância Sanitária sob agendamento.

Nos municípios da região também está sendo aplicada a vacina contra a gripe, inclusive agora beneficiando pessoas com comorbidades, deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo, forças de segurança e presidiários. Também continua dos grupos já priorizados, como crianças dos 6 meses aos 6 anos, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos acima dos 60 anos e professores.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here