Tupandi cobra melhorias da RGE para evitar falta de luz

Prefeito e secretários falaram com representante da RGE sobre os prejuízos causados e a necessidade de agilidade no atendimento - Crédito: Prefeitura

Tupandi é outro município da região que vem enfrentando transtornos e prejuízos decorrentes das constantes interrupções no fornecimento de energia elétrica. A situação tem se agravado, principalmente no último mês de janeiro. Quando da ocorrência de temporais, com quedas de árvores, galhos e até postes, o retorno da luz costuma demorar, causando grandes perdas para produtores rurais, estabelecimentos, empresas e moradores. Recentemente a queda de um poste, na estrada entre Tupandi e Harmonia, causou falta de luz por quase um dia inteiro.

Na última segunda-feira ocorreu uma reunião, de forma online, com representantes da empresa RGE, justamente para pedir um melhor atendimento e mais agilidade no retorno da energia. O encontro havia sido solicitado pelo secretário da agricultura, Luiz Carlos Weber, já no início do mês de janeiro.

O prefeito em exercício, Bruno Junges, reiterou a necessidade da Empresa RGE atender a demanda tupandiese com maior agilidade e com um olhar especial, visto que, o município se destaca pelo forte trabalho do setor primário e que a falta de energia elétrica traz irreparáveis perdas aos agricultores. Bruno exigiu explicações pelo motivo da demora para o retorno da energia elétrica.

O representante da RGE, que responde pela nossa região, André Luiz da Silva, garantiu que Tupandi é visto com preferência, porém, devido a pandemia da Covid-19 diversos funcionários das equipes estão em isolamento. Segundo ele, todas as equipes estão com falta de pessoas para atender a demanda da região. “Estamos com muitas pessoas em atestado. Além disso, os funcionários precisam passar por um período de 3 meses de treinamento, não sendo possível realizar contratações emergenciais para suprir as demandas. A Empresa vem investindo pesado ao longo dos últimos anos para diminuir os problemas das faltas de energia elétrica. Temos a meta de zerar os postes de madeira entre os próximos 5 anos em nossa região”, informou André Luiz da Silva.

A Prefeitura tem procurado trabalhar em parceria com a Empresa RGE, sendo que desde o ano de 2021 vem realizando em conjunto diversas podas e limpezas da energia elétrica em toda a extensão do município. Dessa forma se busca uma grande diminuição da falta de energia, mas mesmo assim o problema persiste. A RGE agradeceu e destacou a iniciativa do município em ajudar nas podas, visto que essa parceria agiliza os trabalhos.

Outra pauta discutida foram os projetos que a Administração visa realizar ao longo de 2022, onde estão previstas melhorias na eletrificação rural de diversas comunidades do interior. Além disso, outra importante obra acontecerá no centro do município, onde será realizado o aumento da carga elétrica na UBS Central e arredores. O município tem uma projeção de R$ 1 milhão de reais que serão investidos entre 2021 e 2022 nas melhorias da energia elétrica em Tupandi. “Estamos com vários investimentos e metas previstas para melhorar a energia elétrica em Tupandi. Tenho certeza que muito em breve, conforme a própria empresa nos garante, estes problemas serão cada vez menores em nossa região, espera o secretário da Agricultura e Meio Ambiente, Luiz Carlos Weber.

A Câmara de Vereadores também solicitou providências por parte da RGE Sul, inclusive tendo encaminhado um ofício na última semana solicitando uma reunião. Os maiores problemas teriam ocorrido nas localidades da Santa Rita, Morro da Manteiga, Várzea e outras comunidades. O presidente da Câmara, vereador Matheus Klassmann, destacou que vários postes podem cair a qualquer momento, podendo causar mais prejuízos para a população.

0 Comentários

Deixe um Comentário

doze − 7 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página