Os dois rapazes de 18 anos já estão em casa, mas um amigo foi morto e o corpo encontrado em Portão - Imagem ilustrativa/internet

A Polícia Civil, através da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), realizou ontem, sexta-feira, dia 30 de abril, a prisão em de um indivíduo acusado de violência sexual contra duas crianças.

A prisão ocorreu em Montenegro e as vítimas são crianças de 8 e 11 anos. Conforme a Polícia, o indivíduo foi preso por estupro de vulnerável. Esse indiciamento ocorre quando envolve vítima menor de 14 anos. A pena máxima do delito é 15 anos. Como neste caso são duas vítimas, está sujeito a aumento de pena.

Segundo a Polícia, o acusado, de 60 anos, era namorado da avó das crianças. As vítimas não residiam na mesma casa com o abusador. O acusado não tinha antecedentes criminais. De acordo com a Polícia, ele foi preso em flagrante por estupro da menina mais nova. Mas a investigação apontou, com certificação nos autos do processo, que a irmã mais velha também teria sido abusada.

A prisão em flagrante foi lavrada na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro e o acusado recolhido ao sistema prisional.

Como denunciar

A delegada Cleusa Spinato, titular da DEAM, destaca a importância das denúncias, que podem ser encaminhadas para os telefones da Polícia Civil e Brigada Militar, como 197, 190, 3649 0000 (DPPA), 3649 0022 (DEAM) e 181 (Disque-Denúncia).

“É muito importante denunciar”, ressalta a delegada. Ela explica que a DEAM atende os casos quando ocorrem em Montenegro e fornece apoio quando ocorridos em outros municípios da região. Além do atendimento, é feito o acolhimento das vítimas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here