Leão Carlos Martinho Pedrotti, de 39 anos, conhecido como Carlos, era bastante conhecido e estimado - Reprodução/FN

Vítima fatal do acidente ocorrido na RS 240, em Capela de Santana, no início da noite de ontem, quinta-feira, dia 6, Leão Carlos Martinho Pedrotti, de 39 anos, era bastante conhecido e estimado. Conhecido também como Carlos Leão, morou na localidade de Divisa, perto do local do acidente, e atualmente residia no bairro Bosques. Trabalhou na gerência de postos de combustíveis, inclusive na Capela e na Tabaí. Era funcionário da Rede de Postos de Combustível Energia. Nas redes sociais são muitas as manifestações de pesar. A própria esposa, Fabiana Krug, após postagem no início da manhã de hoje em seu facebook, teve dezenas de comentários em sua página com manifestações de apoio nesta hora tão difícil. Além da esposa, deixa um casal de filhos, dois enteados, demais familiares, colegas e muitos amigos.

Colisão envolveu automóvel e caminhão
– Reprodução/FN

O velório acontece na Funerária Santana, em Capela, a partir das 20h. E o sepultamento está previsto para a manhã de sábado, 9h30, no Cemitério de Capela de Santana.

O acidente ocorreu por volta de 19h, na altura do quilômetro 24, entre as localidades de Divisa e Passo da Taquara. Carlos trafegava com um automóvel Seat Cordoba, com placas de Portão, no sentido Montenegro/Capela, quando houve a colisão frontal com um caminhão baú que transitava na direção contrária. O carro ficou destruído e o motorista morreu no local. No caminhão, com placas de Pareci Novo, que tombou na pista, ninguém se machucou.

Polícia Rodoviária Estadual de Montenegro, Bombeiros de Portão e ambulância da EGR atenderam a ocorrência. A Polícia Civil vai investigar as circunstâncias do acidente.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here