Armações de ferro, cilindros e maçarico foram apreendidos - Crédito: BM

Na noite de ontem, quarta-feira, dia 27, em torno de 20h20min, uma guarnição da Brigada Militar estava de serviço em patrulhamento quando avistou em frente ao prédio abandonado da antiga Cerâmica Cláudio Vogel, cinco indivíduos carregando armações de ferro em um caminhão guincho. Os PMs realizaram a abordagem dos indivíduos.  Questionados sobre o fato, conforme os policiais eles informaram que estavam o dia todo cortando o material e iriam vender os objetos para o ferro-velho. Após buscas no local foi localizado um maçarico e sete cilindros de gás para realizar o corte das estruturas de ferro, e demais materiais prontos para serem carregados.

O prédio da cerâmica, situado na margem do antigo traçado da RS 122, está fechado desde 2015, após uma investigação da Receita Federal, já tendo sido alvo de vários furtos e até incêndio. Tendo em vista que o prédio está embargado judicialmente, conforme informado pela Comarca de São Sebastião do Caí, foi dado voz de prisão aos cinco indivíduos detidos no local, os quais foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro, onde foi lavrado o flagrante por furto qualificado e todos recolhidos ao sistema prisional.

Durante a identificação, foi constatado que um dos indivíduos, de 44 anos, da Região Metropolitana, estava foragido, tendo mandado de prisão. Outros três, dois de 19 e outro de 58 anos, também são da Região Metropolitana. E um dos presos, de 44 anos, com antecedentes criminais, é morador de Bom Princípio.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here