Temporal destelhou quatro casas e não tem previsão para a volta da água em Montenegro

Defesa Civil distribuiu lonas para casas que tiveram telhados danificados - Crédito: Prefeitura

Os fortes ventos de até 100 km por hora que atingiram a região metropolitana, os vales e o litoral na noite desta segunda-feira também causaram alguns estragos em Montenegro. Felizmente, ninguém ficou ferido. Também houve registros de granizo.

De acordo com o comandante da Defesa Civil, Carlos Ferrão, até agora, há o registro de apenas duas residências com danos no telhado. Uma fica no bairro Santo Antônio e a outra no bairro Municipal. “Inicialmente, foram distribuídas lonas para cobri-las, até que sejam providenciadas as telhas”, informa. Outras duas casas ficaram destelhadas na Travessa José Pedro Steigleder, do bairro Cinco de Maio, onde a Defesa Civil entregou lonas e colchões.

Casas danificadas ficam nos bairros Santo Antônio, Cinco de Maio e Municipal – Crédito: Prefeitura

A força do vento também causou a derrubada de três árvores, duas em rodovias e uma na área urbana. Não houve necessidade de interrupção do trânsito. As remoções já iniciaram. Quem ainda precisar de atendimentos da Defesa Civil pode entrar em contato com o 3632 4784 ou o 99459 4755.

Falta de água

Outra situação em Montenegro é que, segundo a Corsan, em razão da falta de energia elétrica nas duas estações de tratamento de água (ETAs 1 e 2), toda a cidade está sem fornecimento de água desde a noite de ontem. A previsão de normalização no abastecimento era para o início da manhã desta terça-feira, dia 16. Entretanto, não houve ainda o retorno do fornecimento de água e conforme a Corsan não existe previsão para a retomada do abastecimento. Por isso é importante procurar economizar água.

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

9 − três =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página