Prefeito de Montenegro também anunciou que está sendo contratada nova empresa para assumir o recolhimento de lixo - Crédito: Guilherme Baptista/FN

O prefeito Gustavo Zanatta anunciou que será feita uma força-tarefa, a partir das 19h desta terça-feira, dia 4, para recolher o lixo que se acumula nas ruas de Montenegro. Para isso serão utilizados funcionários da Prefeitura e albergados (presos do regime semi-aberto), e caminhões do município. “Vamos recolher onde tem mais acúmulo. Não podemos deixar esse lixo parado se acumulando”, ressaltou Zanatta, durante entrevista coletiva para a imprensa, hoje de tarde, acompanhado do vice-prefeito Cristiano Zanatta, secretários municipais e jurídico do município.

O prefeito lamentou o atraso no recolhimento do lixo e o não cumprimento por parte da empresa responsável. Por isso foi feita a rescisão do contrato com a empresa Ecosul Ambiental, a qual demitiu funcionários e suspendeu os trabalhos em Montenegro desde ontem, mesmo com a Prefeitura estando com os pagamentos em dias. Zanatta lembrou que já vinham ocorrendo reclamações de falhas da empresa desde o mês passado, gerando várias notificações. Foi aberto hoje novo processo para a contratação de outra empresa e até às 15h, prazo dado pela Prefeitura, 16 empresas enviaram propostas. A documentação está sendo analisada, assim como os valores, para definir qual empresa deve assumir a coleta já nesta quarta-feira.

A orientação da Prefeitura é para que, quem puder aguardar um ou dois dias, até a regularização da coleta, deixe o lixo em casa. Já quem não puder que coloque o lixo em local onde já tem um certo acúmulo, para facilitar o recolhimento. Como a última coleta ocorreu na sexta-feira, pois sábado era feriado de 1º do ano e domingo não tem recolhimento, são quatro dias sem o serviço e por isso já gera um acúmulo considerável, devendo demorar um certo tempo para normalizar a situação.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here