Nascido em Tupandi, na época distrito de Montenegro, Heitor Müller foi um dos maiores empresários do estado Divulgação/Internet

Heitor José Müller foi um dos maiores empresários do Vale do Caí e do Estado. Natural de Tupandi, então distrito de Montenegro, Heitor foi um dos principais responsáveis pelo impulso à avicultura na região, Estado e país. O empresário tinha completado 81 anos de vida no último sábado, dia 5.

Conforme o irmão Hélio Müller, ex-prefeito de Tupandi, seu Heitor estava internado faz cerca de uma semana no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, devido a problemas respiratórios, cardíacos e renais. “Não teve complicações de Covid”, ressalta Hélio. O falecimento teria ocorrido no início da manhã de hoje, terça-feira, dia 8. O velório está previsto para ocorrer na capela mortuária da Funerária Vargas, em Montenegro. Ainda não está definido o horário do início do velório e sobre o sepultamento.

Técnico em contabilidade e bacharel em Direito, chegou a ser vereador em Montenegro na década de 60, quando não se remunerava pelo desempenho da função. Foi várias vezes cotado para concorrer a prefeito de Montenegro, mas preferiu se dedicar à iniciativa privada, onde teve notável desempenho. Foi um dos fundadores da Frangosul, Novagro e Agrogen. Também presidiu a Associação Gaúcha de Avicultura (Asgav) e a União Brasileira de Avicultura (UBA), além de ter sido idealizador e fundador do Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado. Por dois mandatos também foi presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs).

Casado com Nilsa Maria, Heitor teve três filhos (Gilberto, Gerson e Jaqueline), nove irmãos, seis netos, demais familiares e um incontável número de amigos. O seu falecimento está causando grande repercussão e comoção na região e no Estado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here