Sepultamento de Heitor Müller ocorreu ontem em Montenegro - Reprodução/FN
A Administração Municipal de Montenegro, através do prefeito Gustavo Zanatta e do vice, Cristiano Braatz, manifesta seu pesar pelo falecimento do empresário Heitor José Müller, aos 81 anos.
Natural de Tupandi, então distrito de Montenegro, Müller foi um dos fundadores da Frangosul, em julho de 1974, que depois foi vendida à multinacional Doux, de origem francesa, transformando-se em Doux-Frangosul. Participou também da fundação, em 1990, da Agrogen SA, sediada em Montenegro, uma empresa da área de multiplicação de genética avícola. Em 2000, também fundou a Novagro Granja Avícola SA, em Montenegro. Foi sócio-fundador da Deltapar Investimentos SA, que adquiriu, em 2004, uma fundição em Santo Ângelo, criando a Fundimisa, onde exerceu o cargo de diretor-presidente.
Técnico em Contabilidade e bacharel em Direito, Müller presidiu a Associação Comercial e Industrial de Montenegro, a Associação Gaúcha de Avicultura e a União Brasileira de Avicultura. Também fundou e presidiu o Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Rio Grande do Sul. Na década de 1970, foi vereador em Montenegro e dirigiu diversas entidades e clubes de serviços locais. Entre 2011 e 2017, comandou a Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs). Como liderança e referência empresarial, foi um dos grandes responsáveis pela instalação em Montenegro das escolas do Sesi e do Senai, bem como pela implantação do Centro de Atividades do Sesi.
Ao tomar conhecimento da morte, o prefeito Gustavo Zanatta decretou luto oficial no Município por três dias. “A cidade se despede hoje de um dos maiores líderes de sua história. Heitor Müller criou empresas e empregos e grande parte dos montenegrinos conquistou o seu sustento trabalhando em algum empreendimento que tem o DNA desse grande homem”, afirma. “Seremos eternamente gratos pelo seu exemplo de determinação, por sua visão empresarial e humana, por colocar a sua cidade sempre em primeiro plano e pela inestimável contribuição que deu ao Rio Grande do Sul e ao Brasil”, ressalta.
Seu Heitor faleceu no início da manhã de hoje, em Porto Alegre, onde estava internado. O velório está previsto para ocorrer na capela mortuária da Funerária Vargas, em Montenegro, mas ainda não foi definido o horário do início e também do sepultamento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here