Montenegro vai criar a Casa do Artesão

Espaço para artesanato deve funcionar perto da Praça Rui Barbosa - Crédito: ACOM/Prefeitura
Fomentar o artesanato como produto turístico e valorizar a cultura montenegrina, oportunizando trabalho e renda. É com estes objetivos que a Administração Municipal está propondo a criação da Casa do Artesão, um espaço aberto de domingo a domingo, onde, em forma de rodízio, os artistas irão se revezar na venda de suas criações.
Projeto foi entregue na Câmara de Vereadores
– Crédito: ACOM/Prefeitura
O projeto de lei oficializando a iniciativa foi entregue na Câmara de Vereadores na última quinta-feira, pelo vice-prefeito Cristiano Braatz e pelo diretor de Turismo do Município, Jaime Büttenbender. Com a lei aprovada, o Município fica autorizado a alugar um imóvel nas imediações da Praça Rui Barbosa para receber os expositores, hoje acomodados de forma precária em tendas. Em contrapartida ao aluguel, os artesãos se comprometem a realizar oficinas e cursos para as escolas e a divulgar as potencialidades de Montenegro. O espaço servirá também como um posto de informações turísticas.
Conforme o diretor de Turismo, a ideia é atender a uma demanda da Associação Montenegrina de Artistas, Brick na Estação, Mercado do Artesanato e Grupos Organizados do Lar. “Eles solicitaram um aporte financeiro para locação de um container com frente para Travessa Carlos W. Gottselig, rua lateral à Praça Rui Barbosa”, recorda. “Porém, entendemos que, além de ser difícil a colocação de um container na Praça, um espaço alugado dará muito mais conforto e segurança”, pondera Büttenbender.
Pela proposta em análise, podem participar da Casa artesãos residentes em Montenegro, cadastrados na Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social e avaliados a aprovados pela Secretaria de Indústria Comércio e Turismo, através da Diretoria de Turismo. Em março e julho de cada ano, será aberto cadastro para novos artesãos.
Com a entrega do texto à Câmara, agora cabe aos vereadores analisarem a matéria e levar o texto à votação em plenário. Após a aprovação, a Administração Municipal pode iniciar a implantação, começando pela busca de um imóvel para sediar o projeto.

0 Comentários

Deixe um Comentário

4 × cinco =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página