Montenegro nega caso de varíola dos macacos

Estado tem 29 registros, mas Prefeitura não confirma caso em Montenegro - iStock/Reprodução

Mais oito casos de Monkeypox, a chamada varíola do macaco, foram confirmados ontem, terça-feira, dia 9, pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado. E na lista aparece Montenegro como tendo o primeiro registro, que seria também o primeiro da região. Conforme o Estado, até o momento foram registrados 29 casos, em 14 municípios gaúchos.

A Prefeitura de Montenegro emitiu nota negando que tenha registro da doença no município. O caso teria ocorrido em Porto Alegre e equivocadamente teria sido registrado como em Montenegro.

Nota da Prefeitura

A Prefeitura de Montenegro informa que a rede municipal de saúde não foi informada de nenhum caso suspeito de Monkeypox (varíola do macaco). Em contato com o Governo do Rio Grande do Sul, foi identificado um erro nos dados do Estado, que serão corrigidos em breve, segundo a Secretaria Estadual de Saúde. Não há, portanto, nenhum caso confirmado nem suspeito no município.

Sintomas e transmissão

A erupção cutânea (lesões, bolhas, crostas) em diferentes formas é um dos principais sintomas da doença e pode afetar todo o corpo, incluindo rosto, palmas e plantas e órgãos genitais.  A transmissão acontece por meio de contato direto ou indireto com gotículas respiratórias, mas principalmente através do contato com lesões de pele de pessoas contaminadas ou com objetos e superfícies contaminadas. O período de transmissão se encerra quando as crostas das lesões desaparecem.

0 Comentários

Deixe um Comentário

1 × 5 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página