Audiência Pública vai discutir o fechamento da Uergs em Montenegro

Na próxima quarta-feira, dia 29 de junho, às 18 horas, acontece uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Montenegro para discutir o risco de fechamento do campus da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs) que funciona na Fundarte. A audiência foi solicitada pela deputada estadual Juliana Brizola (PDT), após requerimento encaminhado pelo vereador Paulo Azeredo, sendo aprovada na Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa.

Ontem, terça-feira, integrantes do poder público municipal receberam representantes do diretório acadêmico do campus de Montenegro da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs. A visita foi para convidar a Administração a participar de audiência pública e tratar de outros assuntos sobre a instituição. Ezequiel Souza, Luís Felipe Fernandes e Tiago Martinelli entregaram ao prefeito Gustavo Zanatta e ao vice, Cristiano Braatz, um ofício convidando ambos a participarem da audiência pública que debaterá o risco de fechamento do campus da Uergs em Montenegro. Além do convite, os estudantes e os membros da Administração conversaram sobre a importância da permanência da faculdade no município.

Segundo o prefeito, é um desejo da Administração que a Uergs continue em Montenegro. “Faremos o que estiver ao nosso alcance para que a universidade permaneça no município”, enfatizou. Outras reuniões envolvendo políticas de permanência do estudante também já foram marcadas pelo gabinete e acontecerão nos próximos dias.

A Uergs está em Montenegro faz cerca de vinte anos e ministra quatro cursos de graduação de Pedagogia da Arte, com Licenciaturas em artes visuais, dança, música e teatro. Também possui cursos de pós-graduação e de extensão. Em vários momentos se temeu pelo fechamento do campus em Montenegro, o que não se concretizou graças a mobilização de alunos, professores e comunidade. No ano passado, com o acordo judicial que repassava a estrutura física da Fundação de Ciência e Tecnologia (Cientec) para a Uergs, foi anunciado pelo Estado que campus do interior, como de Montenegro, ocupasse o espaço na capital. Chegou também a ser lançado um abaixo-assinado pela permanecia da Uergs em Montenegro.

0 Comentários

Deixe um Comentário

dezenove − dezesseis =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página