Francisco Ferreira Porto, o Barão do Caí Reprodução/Internet

Francisco Ferreira Porto recebeu, do imperador Dom Pedro II, o título de Barão do Caí e este nome faz alusão ao rio Caí. Porém, não se tem noticia de um maior relacionamento dele com a região do Vale do Caí.

O barão nasceu em Porto Alegre, em 9 de agosto de 1817 e morreu em 9 de fevereiro de 1884. Ele foi grande comerciante, líder da classe e fundador da Associação Comercial de Porto Alegre (criada em 1858, com o nome de Praça do Comércio). Em 14 de setembro de 1870, ganhou o título de barão por haver contribuído para a Guerra do Paraguai. Isto quer dizer, certamente, que deu uma contribuição em dinheiro, pois sua idade na época do conflito não lhe permitiria destacar-se como soldado.

Seu pai foi o Comendador Manoel Ferreira Porto e a mãe Maria Antunes Benfica.
Seu irmão, Joaquim Fereira Porto era, também, um destacado empresário portoalegrense e detinha o título nobiliárquico (título de nobreza) de veador.

O Barão do Caí foi sepultado no Cemitério da Santa Casa, local onde eram sepultados os membros da elite de Porto Alegre no século XIX. Seu túmulo se destaca por ser um o mais requintado deste cemitério, contando com o seu busto.

O Barão foi casado com Maria Luisa Meifredy, a Baronesa do Cai, que era muito admirada na sociedade portoalegrense pela sua extraordinária beleza.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here