Primeira nova carteira de identidade no Caí é emitida para menino de 10 anos

José Miguel Flores foi o primeiro a receber o novo modelo do documento - Crédito: Prefeitura

Na última quinta-feira, dia 8, foi entregue a primeira Carteira de Identidade Nacional, emitida em São Sebastião do Caí, pela servidora Liana Führ, responsável pelo nosso Posto de Identificação.

O primeiro morador caiense a receber o novo modelo da carteira de identidade é o menino José Miguel Flores, de 10 anos de idade. Ele veio até a sede da prefeitura municipal, na companhia da mãe, para retirar a sua primeira carteira de identidade.

Emissão é gratuita

A Carteira de Identidade Nacional está sendo emitida somente para primeiras vias. Para a emissão de segundas vias a previsão de início é somente para março de 2023.

A nova Carteira de Identidade Nacional (CIN) está sendo emitida em um modelo único e com validade para o território nacional desde o dia 4 de agosto. Ela vai unificar possíveis números de registro que existam em cada um dos 27 estados da Federação, o que vai impedir identidades com numerações diferentes. A versão digital do documento e a validação dos dados do cidadão para a emissão do documento será feita pelo GOV.BR.

Os estados do Acre, Pernambuco, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal, já estão tecnicamente aptos a emitir a nova CIN desde o dia 4 de agosto. Os demais estados têm até março de 2023 para iniciar a emissão do novo documento.

O atual modelo tem validade até 2032. Portanto, não será preciso trocar imediatamente a identidade pelo novo modelo, de modo que a transição possa ser gradual e contínua.

Nessa nova modalidade, o número da CIN passa a ser o mesmo do CPF do cidadão.

Versões física e digital

A CIN será emitida em duas versões: física e digital, que possuem o mesmo layout e segurança. A versão física, em papel ou em policarbonato, atende aos que não possuem acesso à internet, smartphones ou computadores. Já o documento em formato digital é obtido por meio do aplicativo GOV.BR, mas somente após a emissão da carteira física.

Para verificar a autenticidade do documento, a CIN possui um QR Code, que poderá ser lido por qualquer cidadão e vai permitir checar se a identidade é autêntica e se foi furtada ou extraviada.

 

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

4 × três =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página