Com mais de 1 milhão de plantas, Bom Princípio vai colher 855 mil quilos de morango

Abertura oficial da safra ocorreu hoje pela manhã , com apresentação do Censo do Morango - Crédito: Prefeitura

Foi aberta oficialmente em Bom Princípio na manhã desta quarta-feira, a colheita do Moranguinho. O evento aconteceu no bairro Bela Vista, na propriedade de Fabrício Seidel e Morgana Juchem, que tem o trabalho de três gerações inserido na produção. Participaram autoridades, soberanas e comissão organizadora da 19ª Festa Nacional do Moranguinho, e convidados.  Durante a abertura foi apresentado através de vídeo o primeiro censo do Morango, mostrando os trabalhos e desenvolvimento da produtividade do moranguinho.

Mais de 70 famílias de produtores de moranguinho foram visitadas pela equipe da Emater e responderam a pesquisa que iniciou em maio. Os dados poderão ser utilizados de várias formas pela Emater, Sindicato, associações e pela própria comissão da 19ª Festa Nacional do Moranguinho. Aliás, os dados serão de grande relevância para a organização da festa que ocorre de 7 a 25 de setembro no Parque Municipal. O censo é uma ação conjunta da Prefeitura, Emater, comissão da Festa do Moranguinho, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Bom Morango e Ecomorango. O levantamento inclui informações sobre a quantidade de morangos plantados, variedades, tipos de estufas, principais problemas enfrentados, produtos utilizados, área plantada, número de pessoas que trabalham na agricultura familiar e no cultivo do morango, expectativas dos agricultores e outros dados relevantes para o diagnóstico da produção do moranguinho em Bom Princípio.

Soberanas e autoridades aproveitaram para convidar para a Festa do Moranguinho que ocorre em setembro – Crédito: Prefeitura

A Análise Produtiva, Social e Ambiental da cadeia produtiva do morango de Bom Princípio apresentada hoje teve como base informações de 55 questionários aplicados. Segundo os dados apurados, os produtores contam com 1 milhão e 35 mil plantas de morango em produção, com uma expectativa de colheita de aproximadamente 855 mil quilos da fruta neste ano. A produtividade média por planta é de 826 gramas, com produção média por hectare de 59,9 toneladas, valor superior a média estadual de 48 toneladas por hectare. O tipo de cultivo mais usado é o suspenso em substrato, que abriga 76% das plantas. O outro sistema é o em solo, com lona, em estruturas baixas denominadas estufins. Notou-se que 77% das mudas são nacionais, diferente de anos anteriores, quando a maioria era importada. A muda mais cultivada é a San Andreas, seguida por Albion, Fronteras, Camarosa e Festival.

A produção de morangos em Bom Princípio emprega 143 agricultores familiares, além de em torno de 90 diaristas, parceiros ou mão de obra contratada, num total de aproximadamente 230 empregos diretos, sendo 56% homens e 44% mulheres. Na maioria das propriedades o plantio da fruta ocorre há mais de vinte anos, com três gerações de agricultores. Existe a preocupação com a sucessão rural, já que apenas 17% da mão de obra familiar têm menos de 29 anos. Importante o espírito de cooperação, através da Associação de produtores – a Bom Morango, e a cooperativa de produtores orgânicos – a Ecomorango. A grade maioria da produção é destinada ao consumo in natura, geralmente embalada em bandejas. A comercialização ocorrer para as mais diversas regiões do Estado.

Entre as maiores dificuldades citadas pelos produtores estão o alto custo da produção devido a elevação dos insumos, falta de mão de obra e o clima, principalmente com as perdas decorrentes da estiagem. Mesmo assim, 82% dos produtores se consideram satisfeitos com a os resultados da produção de morangos em Bom Princípio.

0 Comentários

Deixe um Comentário

1 × cinco =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página