Projeto busca soluções tecnológicas para o campo

Reprodução/FN
Qualificar e incentivar alunos para colocar em prática ideias que vão transformar a zona rural. Esse é o principal objetivo do programa “Aprender e Empreender no Campo”, que está com inscrições abertas para jovens rurais que estejam no Ensino Médio. A iniciativa é uma realização da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) campus Montenegro, com apoio da Prefeitura, Emater, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com financiamento da Fapergs e Sebrae, que qualificará, por meio de oficinas, filhos de agricultores na busca de soluções tecnológicas para as propriedades.
O programa, com duração média de um ano, oferecerá oficinas presenciais e virtuais. Serão contempladas todas as ideias e soluções tecnológicas que busquem a qualidade no campo e na agricultura familiar. Além disso, por meio de metodologias ativas empreendedoras, o programa busca incentivar o talento jovem rural e manter viva a chama, principalmente nos mais novos, de pensar no campo como um lugar importante e promissor. De acordo com a professora do Departamento de Educação, Letícia Silva da Rosa de Azeredo, esta é uma ação que está dentro do plano de desenvolvimento rural do município.
Segundo a docente, o projeto servirá, também, como formação para os professores da rede pública que atuam no campo. Como o município não tem escolas rurais que atendem o Ensino Médio, a ideia é trazer o que foi aprendido com o projeto e repassar aos alunos das escolas rurais. “É fundamental levarmos essas informações aos estudantes para que tenham noção da importância do meio rural para o desenvolvimento de toda a sociedade”, enfatiza.
Um dos resultados do programa será uma cartilha com as soluções tecnológicas encontradas e desenvolvidas, universalizando as ideias e o conhecimento adquirido. Haverá também um workshop de apresentação dessas soluções tecnológicas para a comunidade empresarial de Montenegro e do Vale do Caí na busca de parceiros interessados em implementar as ideias na região.
Alunos e professores que quiserem participar têm até o dia 1° de março para realizar o cadastro. A participação é gratuita. A inscrição pode ser feita no link: www.bit.ly/aluno_seinscreva. Outras informações podem ser encontradas na página do Facebook do projeto. A ideia é atender a cerca de 20 alunos, além de professores.

0 Comentários

Deixe um Comentário

8 − 4 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página