Fechado faz 5 anos, teatro Roberto Cardona não tem previsão para reabrir

Além do PPCI, terão de ser substituídas poltronas e forração, mais consertos no telhado e instalações elétricas Crédito: Guilherme Baptista/FN

Um dos principais auditórios do Vale do Caí, o Teatro Roberto Atayde Cardona, situado no complexo do Centro Cultural de Montenegro, entre a Fundarte e a Biblioteca Pública, está fechado desde julho de 2016. Palco de grandes eventos, o teatro costuma ser ainda mais requisitado nesta época, quando costumam ocorrer formaturas, espetáculos de Natal e apresentações de final de ano. Algumas instituições, inclusive, já tiveram que locar espaços em outras cidades, por falta de um local apropriado em Montenegro. E agora com os eventos presenciais retornando devido à queda nos casos de coronavírus, novamente o auditório do Centro Cultural está fazendo muita falta. O auditório tem 365 poltronas, praticamente o dobro do teatro Therezinha Petry Cardona, da Fundarte.

É mais um espaço público que o atual governo municipal busca concluir a obra, a qual ficou pendente de administrações anteriores. O mesmo já ocorreu com a EMEI Centenário, ponte de acesso ao Balneário Municipal, os dois ginásios do Parque Centenário e com a própria Biblioteca. Entretanto, a situação do teatro é mais complexa. Ele foi interditado há cinco anos quando foi dado andamento a obra de reforma da biblioteca e isso incluía também o acesso e o hall de entrada, onde estão os banheiros. Como é um local de grande concentração de pessoas, são maiores as exigências quanto ao Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI), exigido pelos bombeiros. Desde a tragédia da boate Kiss, em Santa Maria em 27 de janeiro de 2013, que resultou em 242 mortes, aumentou o rigor e a fiscalização sobre as medidas de prevenção de incêndios.

Poltronas têm que ser substituídas e escada na frente do palco foi retirada – Crédito: Guilherme Baptista/FN

A Biblioteca reabriu no início deste ano, mas o auditório do Centro Cultural segue fechado. Além do PPCI, várias melhorias ainda são necessárias para o teatro Roberto Cardona voltar a estar à disposição da comunidade. Poltronas têm que ser trocadas, assim como a substituição no piso, ainda com carpete. Também faltam pintura interna e externa e a parte elétrica, incluindo as ligações para os novos aparelhos de ar-condicionado e cortinas. A escada de madeira que tinha na frente do palco também foi retirada. Como está muito tempo fechado, também existem problemas de umidade e cupim.

Obras no saguão e nos banheiros foram concluídas – Crédito: Guilherme Baptista/FN

Na parte do saguão da entrada os três banheiros foram reformados e estão prontos, inclusive um com acessibilidade. Também os banheiros do camarim foram reformados.

De acordo com o secretário municipal de obras públicas, engenheiro Edson Eggers Machado, está se iniciando a execução do PPCI. Já quanto aos demais itens, o secretário diz que ainda não há previsão para as obras. Ele diz que é necessária uma reforma geral, incluindo a substituição das poltronas, forração, infiltrações do telhado, instalações elétricas e outras melhorias.

0 Comentários

Deixe um Comentário

10 − 2 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página