Feliz e São Vendelino representados no 2º Aparados Off-Road

Aventura de 600 quilômetros já iniciou e vai até sábado - Reprodução/FN

A cidade de Vacaria foi o ponto de largada da 2ª edição do Aparados Off-Road que, em 2022, tem aproximadamente 600 quilômetros. A aventura iniciou no feriado desta quarta-feira, dia 12, e segue até o sábado, 15 de outubro, mostrando as belezas do Rio Grande do Sul, com foco na região dos Campos de Cima da Serra Gaúcha. A chegada acontece no Mátria Parque de Flores, em São Francisco de Paula, após pernoitar nos municípios de Bom Jesus (13) e Cambará da Sul (14).

O evento é composto por quatro modalidades, sendo: Rally de Regularidade (Master, Graduado, Turismo e Novato), Passeio 4×4, Passeio Radical e Trilha 4×4. Organizado pela Associação Gaúcha de Pilotos e Navegadores Trancos e Barrancos, em parceria com a empresa Trecho 1 –, o objetivo é fazer o esporte off-road crescer no Rio Grande do Sul e, junto com isso, divulgar para o Brasil os tesouros naturais da região.

E é para encarar o desafio nessa região cheia de atrativos que dois representantes de Feliz marcam presença, ambos inscritos na categoria Trilha 4×4 (passeio). João Paulo Schmitz tem a seu lado o também gaúcho Egberto Kranz, de Presidente Lucena. Já Pedro Vítor Martini anda com Mario Zimmer, de São Vendelino.

Outros estados

Além do Rio Grande do Sul, o Aparados Off-Road atrai participantes de mais cinco estados – Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso. O que é uma grande satisfação ao diretor geral do evento, Alexandre Rech. “Estamos na ponta do Brasil, com uma quilometragem significativa de distância para os demais estados. Porém, as belezas e encantos do Rio Grande do Sul sempre foram um convite para o turismo nacional. Nosso objetivo é conciliar tudo isso, e entregar o melhor off-road da região a quem é adepto desta modalidade”, fala Rech.

Para todos os gostos

No Rally de Regularidade, o desafio para pilotos e navegadores é se manter nas médias de velocidade determinadas pela organização, ao mesmo tempo em que superam diversos tipos de obstáculos naturais, tais como: atoleiros, pedras, erosões, lombas, rios, riachos, trechos de areia e, ainda, encaram mudanças de direção e pegadinhas na planilha, que exigem atenção das duplas. Não vence o mais rápido, e sim, o mais regular.

Já as categorias de Passeio não há competição ou vencedores – a ideia é encarar as trilhas e aproveitar as belas paisagens do Rio Grande do Sul. Os percursos são divididos de acordo com o nível de dificuldade dos roteiros e são exclusivos para cada categoria.

A Trilha 4×4 é para aqueles que gostam do off-road raiz, com obstáculos bem difíceis, cujo lema é “quanto pior, melhor”. A Passeio 4×4, é uma aventura de nível leve, unindo a aventura e o turismo, com uma programação que privilegia diversos atrativos e paisagens de encher os olhos, além de um mergulho na tradição e na cultura dos lugares visitados. E a Passeio Radical que, além do turismo, tem aquela dose extra de emoção e obstáculos para serem superados em clima de descontração.

0 Comentários

Deixe um Comentário

2 × um =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página