Ringue de galos e maus-tratos são flagrados no Paquete

Foram detidos 19 pessoas e encontrados na propriedade 57 galos vítimas de maus-tratos - Crédito: Soldado Denise/Patram

O Pelotão Ambiental (Patram) da Brigada Militar de Montenegro, com apoio de uma guarnição do 25° BPM, deslocou até a localidade de Paquete, área rural do município de Capela de Santana, na tarde deste domingo, dia 3. Numa propriedade rural da localidade, que fica próximo da divisa com Montenegro, foi avistada uma movimentação anormal de pessoas perto e no interior de um galpão. Com a aproximação dos Policiais Militares foi constatado que estava ocorrendo rinha de galo.

Ao anunciar a abordagem foram flagrados 19 pessoas praticando o crime ambiental. Um dos detidos tentou se esconder no assoalho de uma casa, mas foi localizado pelos PMs. E  foram encontrados 57  galos de rinha da raça Mura (galo índio) dentro de gaiolas, apresentando sinais de maus-tratos, com esporas mutiladas, penas cortadas, sem acesso a água e comida e com muitas feridas expostas pelo corpo. Segundo a soldado Gladisnara, da Patram, foram também localizados animais feridos, com esporas de plástico e metal presos com fitas isolante e esparadrapo.

Galos estavam muito machucados por participar de rinhas – Crédito: Soldado Denise/Patram

Ainda durante inspeção no local foram encontrados uma balança de precisão, medicamentos de uso veterinário e seringas, bicos de ferro, bolsas de transporte de galos, além de uma arena de combate (tambor).

Um dos acusados tentou se esconder sob o assoalho de uma casa, mas foi localizado
– Crédito: Patram

O comandante da Patram, tenente Luís Fernando da Silva, lamentou a crueldade contra os animais. Todo o material foi apreendido e lavrado Termo Circunstanciado (TC) para os responsáveis, que vão responder a processo por crime ambiental, sujeitos a pena de 3 meses a 1 ano de detenção, além de multa. O proprietário rural foi nomeado como fiel depositário das aves. “Eles foram presos, formalmente, e assinaram TC se comprometendo a comparecer em juízo”, completa o comandante.

0 Comentários

Deixe um Comentário

seis + 6 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página