Quatro presos ao tentarem aplicar golpe de R$ 100 mil em banco do Caí

Estelionatários estavam tentando contrair empréstimo com documentos falsos - Crédito: BM

Chegou ao conhecimento da Brigada Militar e da Polícia Civil, conforme informações colhidas através do gerente de uma agência bancária do centro de São Sebastião Caí, de que o banco estaria sendo indicado a pessoas aposentadas, com finalidade de abertura de conta bancária. Conforme foi apurado, todos os documentos que seriam necessários para o cadastro eram enviados pelo whatsapp, sendo aberta a conta em nome de um indivíduo, que após se tornar cliente contraia financiamento no valor aproximado de R$ 100 mil reais. Novamente o mesmo indivíduo fez contato e desta vez indicou uma mulher para abertura de conta, o quê gerou suspeita. O gerente tomou precaução, fez contato com o setor especializado em documentos que opera na instituição bancária e enviou os documentos das duas pessoas suspeitas. E aí descobriu que os documentos eram falsos.

Ficou agendado para o início da tarde de hoje, segunda-feira, dia 21, a abertura de conta e apresentação de documentação. O gerente do banco fez contato com a Brigada e a Polícia, quando recebeu as orientações. No horário combinado uma mulher foi até a agência para então abrir a conta, entregando os documentos falsos. Como a Polícia já tinha sido avisada, ela foi presa em flagrante. Ela informou a Polícia que seu comparsas estavam em um automóvel Fiat Palio. A Polícia Civil então fez contato com a Brigada, passando as informações do veículo. E os PMs conseguiram localizar o carro na Avenida Bruno Cassel, junto a um posto de combustíveis. Com eles, segundo a BM, foram encontrados dois  documentos falsos, três celulares, uma máquina de cartões e cartões de banco.

A mulher presa no banco e os três acusados que estavam no carro foram encaminhados para a Delegacia de Polícia do Caí, onde foi lavrada a prisão em flagrante por crime contra o sistema financeiro e associação criminosa. Segundo a BM, os acusados são de Porto Alegre e já tinham antecedentes criminais.

0 Comentários

Deixe um Comentário

11 − 4 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página