Polícia realiza buscas em escritório e residência

Foram apreendidas drogas e dinheiro - Crédito: Polícia Civil

A Polícia Civil, por intermédio dos agentes das Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), coordenados pelo delegado Paulo Ricardo Costa, com apoio de policiais da 1ª DPRI de Montenegro, realizaram o cumprimento de duas ordens de busca em São Sebastião do Caí. A ação se deu na tarde desta quinta-feira, dia 28, em aprofundamento de dados obtidos no inquérito policial, procedimento que apura os crimes de ameaça e de posse irregular de arma de fogo.

As buscas ocorreram em uma residência e escritório de advocacia. No decorrer dos trabalhos, os policiais, além de colher diversos elementos característicos da posse de drogas correlacionados aos fatos conhecidos inicialmente pela investigação, verificaram que o suspeito estaria com uma quantia vultosa em dinheiro, dados que deverão ser melhor apurados no inquérito policial.

De acordo com o delegado, as diligências policiais levadas a efeito nesta data tinham por objetivo dar cumprimento a dois mandados de busca deferidos pelo Poder Judiciário mediante a representação da autoridade policial. A ação culminou com a apreensão de elementos informativos importantes para a elucidação do cenário reportado pela vítima. As drogas apreendidas (maconha e cocaína), assim como o dinheiro e o suspeito foram encaminhados para a Delegacia de Polícia, mas não houve prisão em flagrante, tendo o indiciado podendo responder ao processo em liberdade.

Segundo o Diretor da 1ª DPRI, delegado regional Marcelo Farias Pereira, a ação protagonizada pela Polícia Civil reforça a importância da investigação policial qualificada no combate aos delitos cometidos em função de gênero. “A operação policial é importante porque vem ao encontro daquilo que temos frisado na nossa atuação policial: o combate incansável à violência praticada em desfavor da mulher”, ressaltou o delegado. A Polícia Civil salienta a importância da participação da comunidade no enfrentamento aos delitos praticados contra à mulher disponibilizando diversos canais para o recebimento de denúncias anônimas.
DENÚNCIAS ANÔNIMAS
www.pc.rs.gov.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

onze − 2 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página