Polícia ressalta a importância das vítimas denunciarem - Reprodução/FN

Policiais da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), 1ª Delegacia de Polícia e Delegacia Regional de Montenegro deslocaram até a Vila Esperança, do bairro Senai, em Montenegro, na última segunda-feira, dia 22, para apurar denúncia de cárcere privado e ameaças contra uma mulher.

Conforme a Polícia, no local, uma mulher referiu que o suspeito estava ameaçando matá-la, bem como sua mãe e pai, deficiente físico. O acusado estaria querendo vender um televisor da família para a aquisição de drogas.

A partir do momento que viu os policiais, o acusado passou a se comportar de maneira agressiva contra os agentes, confirmando que mataria os familiares se não lhe dessem dinheiro e os bens da casa. Afirmou que não tinha medo dos policiais, passando a desacatá-los e a resistir ser conduzido à Delegacia. Foi contido e encaminhado para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro, onde foi lavrada a prisão em flagrante por ameaça e perturbação da tranquilidade no contexto de violência doméstica, bem como desacato, vias de fato e lesão corporal contra os policiais.

O delegado André Roese ressalta a importância das vítimas denunciarem os casos de violência doméstica, como de ameaças e agressões. Pode ser feito contato como telefone 180 da Central de Atendimento à Mulher, 197 da Polícia Civil e 190 da Brigada Militar.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here