Mulher que morreu atropelada na RS 122 será sepultada no Caí amanhã

Terezinha Nair Lauxen, de 68 anos, será velada a partir das 2 horas da madrugada desta terça-feira, dia 20, na Capela Luz do Memorial Hartmann em São Sebastião do Caí. A cerimônia de despedida está prevista para a tarde de terça-feira, às 14h30, seguida de sepultamento no Cemitério Católico do Chapadão, no Caí. Viúva de Antônio Lauxen, que faleceu cinco meses atrás, ela deixa os filhos Rosane Inês, Ademir e Rudinei, além de netos, demais familiares e amigos, que estão muito consternados com a sua partida.

Terezinha, que foi vítima de atropelamento na ERS 122, no Caí, hoje pela manhã, era moradora do bairro Nova Rio Branco. Muito religiosa, costumava a igreja no Loteamento São José. Nas redes sociais já são várias as postagens de pesar pelo seu falecimento. A filha Rosane postou em seu facebook que a família está vivendo mais um momento de muita dor. Em sua postagem no facebook, Rosane recebeu mais de 400 comentários de sentimentos e apoio neste momento tão difícil.

O acidente ocorreu por volta de 9h40min, na altura do quilômetro 15,5, no Bairro Loteamento Popular. Conforme os Bombeiros Voluntários Caienses, que prestaram atendimento no local, a vítima foi atropelada por um caminhão Mercedes-Benz 708, com placas de Viamão. Com ferimentos muito graves, ela foi encaminhada ao Hospital Sagrada Família, do Caí e antes de ser removida para o Pronto Socorro (HPS) de Canoas acabou não resistindo e veio a falecer.

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) também atendeu a ocorrência e a Polícia Civil será a responsável por apurar os fatos.

0 Comentários

Deixe um Comentário

dezesseis − 15 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página