Moradores do Caí protestam contra o pedágio: “é um roubo em dia claro”

Meirieli Souza reclama do pórtico de free flow na frente de sua casa: "como vamos sair para trabalhar e estudar?"

Meirieli Souza mora bem na frente do pórtico do pedágio free flow que foi instalado no km 4,6 da RS-122, no bairro Conceição, em São Sebastião do Caí. “Vão fechar a saída da nossa casa. Vamos ter que sair pela contramão, correndo o risco de acidente. E todos os dias vamos ter que pagar esse absurdo. É um roubo”, protesta.

Como a família tem três veículos e só o dono da moradia recebeu isenção, os demais terão de pagar tarifa para sair em direção a Portão, passando o pórtico na porta de casa. “A gente trabalha e estuda. Os vizinhos também tem mais de um carro. E todos vão ter que pagar. É mais fácil ser vagabundo e depender de auxílio do governo do que sair de casa para trabalhar e estudar”, desabafa Meirieli. “Já fui na Prefeitura e busquei auxílio do jurídico. E entrei em contato com a concessionária, mas tudo é muito devagar e enrolam bastante a gente.

Placas já estão colocadas e equipamentos instalados no pedágio que deve começar a cobrar agora em fevereiro

Em um estabelecimento próximo, onde funciona uma Auto Elétrica, o proprietário também reclama da instalação do free flow. Mesmo tendo recebido isenção em um veículo, diz que o pedágio vai prejudicar o atendimento de clientes que tiverem de passar pelo pórtico e pagar a tarifa. O temor é que também poderá dificultar a atração de investimentos para o município, ainda mais que São Sebastião do Caí já ficou entre as três piores cidades da região na variação do retorno de ICMS para 2024, com -5,30%.

A cobrança no free flow está prevista para iniciar neste mês de fevereiro, com tarifa de R$ 12,30 para carros e R$ 6,20 para motos, enquanto para caminhões e ônibus pagam entre R$ 24,60 e 73,80, dependendo do número de eixos.

0 Comentários

Deixe um Comentário

2 × quatro =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página