Após prestar esclarecimentos, Victor Sorrentino foi liberado neste domingo - Reprodução/FN

O médico gaúcho Victor Sorrentino, que foi detido no último domingo, dia 30, no Egito, trabalha também num spa em Montenegro. O caso ganhou grande repercussão.

Victor Sorrentino estaria na capital egípcia para a gravação de um curso com aulas sobre hábitos saudáveis. Mas teria sido detido após divulgar, em suas redes sociais, um vídeo onde fala palavras de duplo sentido com uma vendedora egípcia numa loja no Cairo. O incidente teria ocorrido em 24 de maio, mas o médico foi detido ontem, quando estaria a caminho do aeroporto. O médico chegou a fazer um pedido de desculpas, alegando que tudo não passava de uma “brincadeira”, mas ele foi encaminhado para a Procuradoria Egípcia para dar maiores esclarecimentos.

A família do médico nega que ele tenha sido preso por assédio, em razão de comentários sexistas e de cunho sexual contra a vendedora. A advogada do médico afirma que ele está mantendo contato com a família e teve o seu passaporte devolvido. Ele deve voltar a ser ouvido nesta terça-feira, 1º de junho.

Victor Sorrentino é conhecido por publicações, palestras e livros sobre hábitos saudáveis, ciência dos alimentos, emagrecimento e longevidade saudável. Tem quase 1 milhão de seguidores no Instagram. Além de atuar no SPA, também tem consultórios em Porto Alegre e São Paulo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here