70 policiais fazem operação contra o tráfico no bairro Estação com 9 prisões

Operação ocorreu na manhã de hoje com 25 viaturas, cães e helicóptero - Crédito: Polícia Civil

A Polícia Civil e a Brigada Militar realizaram mais uma grande operação na manhã deste sábado, dia 10. Foi a quarta grande operação só nesta semana, de combate a crimes cometidos por facção criminosa que atua em Montenegro e região.

Desde o início da manhã, 70 policiais civis e militares, incluindo da 1ª Delegacia, com o apoio de quase todas as Delegacias do Vale do Caí, Brigada Militar com o 5º BPM, 1º Batalhão de Choque de Porto Alegre e Força Tática, mais o apoio do canil da BM e da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). Os policiais utilizaram cerca de 25 viaturas e também um helicóptero.

Policiais civis e militares participaram da Operação Pyton hoje nos bairros Estação e São Paulo, além da Penitenciária
– Crédito: Polícia Civil e Guilherme Baptista/FN

O bairro Estação, que fica na margem da RS 124, foi totalmente cercado. De acordo com o delegado André Roese, a Operação Python teve como objetivo combater os crimes de homicídio (tentado e consumado), torturas, corrupção de menores, tráfico e associação para o tráfico de drogas, invasões de domicílios, ameaças e lesões corporais. Foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão e nove de prisão preventiva nos Bairros Estação e São Paulo, em Montenegro. Foram presas preventivamente duas mulheres (24 e 28 anos de idade), capturados quatro homens (23, 24, 31 e 34 anos de idade) e cumpridas três prisões preventivas de indivíduos que já estavam recolhidos na Penitenciária do Pesqueiro (20, 30 e 52 anos de idade). Conforme a Polícia, mesmo de dentro da cadeia, indivíduos continuavam comandando os crimes e dando ordens repassadas para suas esposas, que estão entre as presas.

Foram instaurados dois termos circunstanciados por posse de drogas (maconha e cocaína) e inquérito policial por tráfico por drogas. Na Penitenciária Modulada de Montenegro foram apreendidas 350 gramas de maconha e cocaína. Também foram apreendidos 34 celulares (14 nos bairros e 20 no presídio), objetos com suspeita de procedência ilícita e R$ 749,05 em dinheiro.

Foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão, e 9 de prisão
– Crédito: Polícia Civil

Em entrevista coletiva hoje pela manhã na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, o delegado André, comissário Alisson (chefe de investigação da 1ª DP) e o capitão Valandro, novo comandante da 1ª Companhia do 5º BPM, ressaltaram a integração entre as forças de segurança e a importância da comunidade colaborar através de informações, mesmo de maneira anônima, sendo garantido o sigilo da identidade dos colaboradores. O objetivo da ação foi justamente atingir os pontos de vendas de drogas e os seus “soldados do tráfico”.

Durante a semana ocorreram também as operações Arbok, que teve por objetivo atingir a gerência da facção na cidade de Montenegro; e a Apophis, contra a lavagem de dinheiro da alta cúpula da facção no Estado. “Isso por que, após a Operação Ovo da Serpente, realizada no final de 2020, a facção foi gradativamente se rearticulando, sendo as gerências então ocupadas pelos indivíduos presos passadas a suas esposas, presas nas duas últimas operações. Constatou-se que a mesma forma violenta de agir de 2020 fora retomada pelo grupo criminoso, o qual usava de violência, com torturas e ameaças para a manutenção do poder”, frisa o delegado.

Desaparecimento de Gabriela

Gabriela da Silva está desaparecida desde 3 de março do ano passado
– Reprodução/FN

A Polícia também investiga a relação do grupo criminoso com o desaparecimento da jovem Gabriela da Silva, de 16 anos. Ela está sumida desde março do ano passado, quando saiu de sua casa no bairro Senai. Já ocorreram várias buscas e apreensão de menor. A suspeita da Polícia é de que indivíduos presos hoje estejam envolvidos no desaparecimento e possível morte da jovem. As investigações continuam. Os indivíduos detidos estão com prisões preventivas decretadas pela Justiça.

0 Comentários

Deixe um Comentário

um + 14 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página