Arte: Adaptação do site do Governo Federal
Quem necessita do serviço público de saúde já deve ter ficado com aquela dúvida na hora de ir ao médico: vou para o posto de saúde ou para o Hospital Montenegro (HM)? A resposta depende dos sintomas do paciente. Se o atendimento é de urgência, o HM deve ser procurado. Quando se trata de casos não graves, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e a Policlínica 24 horas, na Secretaria Municipal de Saúde (SMS) na Assistência na Timbaúva, é que acolherão o cidadão.
A coordenadora da Atenção Básica em Montenegro, Camila Anversa, explica que essa decisão, por parte do paciente, faz toda a diferença para a qualidade dos serviços de Saúde da cidade. Segundo ela, o município possui locais para acolhimento de pessoas com sintomas não urgentes, tanto para atender a população, quanto para diminuir a demanda do Hospital Montenegro. “Quando se trata de atendimentos na classificação verde e azul, o município está apto a atender. Casos mais graves devem ir direto para o HM, que possui uma estrutura maior”, salienta.
Quando Camila fala da classificação de cores, ela se refere ao Protocolo de Manchester. Trata-se de um dos métodos de triagem mais eficazes do mundo, que permite que os atendimentos em hospitais sejam realizados de maneira muito mais rápida e eficaz, de acordo com a real necessidade dos pacientes, de forma justa e com tratamento imparcial para todos. Os atendimentos na SMS e nos postos respeitam a classificação verde e azul. Na azul, o atendimento será de acordo com o horário de chegada. Nesta classificação, incluem-se queixas crônicas, resfriados, contusões, escoriações, dor de garganta, ferimentos que não requerem fechamento, entre outros. Já na verde, ocorre o acolhimento de pouca urgência que ainda pode esperar atendimento.
No HM, os atendimentos são para as classificações de cor vermelha, laranja e amarela. O vermelho indica emergência, caso gravíssimo, com necessidade de atendimento imediato e risco de morte. A cor laranja é para casos muito urgentes, graves, com risco significativo de evoluir para morte e que exigem atendimento urgente. O amarelo significa urgente para casos de gravidade moderada, com necessidade de atendimento médico, mas sem risco imediato.
Segundo Camila, respeitar a classificação auxilia não só na eficiência dos serviços prestados, como também na sua agilidade. “O paciente também ganha tempo indo direto na unidade que fará o seu atendimento. Isso evita deslocamentos desnecessários e estresse para a pessoa que já se encontra doente”, enfatiza.
Policlínica e postos só podem atender pessoas de Montenegro
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), seja pela Policlínica 24 horas ou pelos postos de saúde dos bairros, não pode atender pessoas que são de fora da cidade. Esse, inclusive, é um problema frequente. “O atendimento que prestamos é municipal. O regional é por meio do HM”, enfatiza Camila. No entanto, muitos ainda perguntam o que acontece se alguém de fora da cidade precisar de atendimento emergencial. Camila destaca que, neste caso, o Hospital Montenegro tem de ser procurado, já que é lá que os acolhimentos graves acontecem.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here