Fiscalização já está atuando para impedir permanência de pessoas nos locais públicos - Crédito: ACOM/Prefeitura

Os apelos das autoridades pelo fim das aglomerações, principal forma de difusão do novo coronavírus, ainda não estão surtindo o efeito desejado. A transmissão da Covid-19 segue alta e posiciona a estrutura de atendimento da saúde à beira do colapso.

Parque Centenário está interditado para o público
– Arquivo/FN
– .Internet/Reprodução

Montenegro já tem 4.043 casos confirmados, com 58 mortes, das quais 16 somente em fevereiro. Diante desse quadro, o prefeito Gustavo Zanatta publicou o decreto 8.274. Pelo texto, que vigora a partir de hoje, quinta-feira, dia 25, o Parque Centenário fica interditado para o público, exceto para uso em ações de vacinação. Além disso, está proibida a permanência de pessoas no entorno da Estação da Cultura, no Cais do Porto, em praças, espaços de convivência e no acesso ao Morro São João. O decreto ainda proíbe qualquer outra atividade, independente do local, que provoque aglomerações.

O prefeito lamenta que esteja havendo a necessidade de fazer as proibições, mas lembra que é preciso pelo bem de toda a comunidade. “Este é um momento de sacrifícios e de empatia, de se cuidar e de cuidar dos outros. Com os leitos dos hospitais lotados, qualquer um está correndo risco de morte, ainda que seu problema de saúde não seja a Covid-19”, enfatiza. “Quanto mais os montenegrinos colaborarem, mais cedo poderemos rever a situação”, conclui.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here