EGR garante que pagamentos estão em dia e rótulas devem estar prontas em novembro

Obras avançam no trecho em que serão construídas duas rótulas, nos trevos do Ipiranga e da Renauto - Prefeitura/Reprodução

A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) divulgou nota esclarecendo que os pagamentos à empresa responsável pela execução das obras nas rótulas da RSC 287 estão rigorosamente em dia. Conforme a EGR, o entrave que resultou na manifestação da manhã de ontem, quarta-feira, dia 16, em protesto contra o atraso nos pagamentos, está relacionado a um impasse entre as empresas envolvidas. A EGR garante ainda que as obras de pavimentação do novo contorno da travessia urbana de Montenegro não foram prejudicadas. “As etapas finais dos trabalhos contemplam a implantação da sinalização horizontal e vertical”, completa a nota.

Funcionários de empresa terceirizada reclamam ontem de atraso nos pagamentos
– Crédito: Guilherme Baptista/FN

No início da manhã, funcionários de uma empresa terceirizada bloquearam a saída de máquinas e caminhões do canteiro de obras, situado na margem da via lateral da RSC 287, no bairro Santo Antônio. Foram colocados caminhões para impedir a saída. “Não vamos deixar andar a obra enquanto não pagarem”, informaram os manifestantes, que alegaram estar protestando devido a dois meses de atrasos nos pagamentos. No meio da manhã de ontem, em torno de 10 horas, foi feito um acordo entre a RGS Engenharia, vencedora da licitação, e a Transporte Simas, contratada para a realização de serviços de preparação da base. E os trabalhos tiveram prosseguimento.

Término em novembro

A EGR informou que o andamento dos trabalhos está dentro do previsto no cronograma. Segundo o diretor-técnico, Luís Fernando Vanacôr, ocorreram alguns percalços com relação ao tempo e necessidade de alterações no projeto. “As obras foram aceleradas neste mês de novembro para concluir o mais urgente possível”, afirma, citando que a intenção é concluir ainda neste mês.

Em função das obras estão ocorrendo alguns bloqueios e mudanças no trânsito. Os motoristas devem ter atenção redobrada no trecho devido a movimentação de máquinas e operários. Além disso, falta sinalização e iluminação. A pista central, no sentido bairro Cinco de Maio/rodoviária, está bloqueada, com o trânsito sendo desviado para a via lateral.

Em razão das obras, estão ocorrendo bloqueios e desvios do trânsito
– Crédito: Guilherme Baptista/FN

Vanacôr diz que com as rótulas cheias, vai facilitar a travessia. Assim que estiver liberado o fluxo num dos sentidos, pode avançar até o refúgio central, e depois passar a outra pista. Também vai aumentar a segurança para a travessia de pedestres e ciclistas. As rótulas serão construídas nos cruzamentos da RSC 287 com as ruas Ramiro Barcelos (trevo do Ipiranga) e Coronel Antônio Inácio (trevo da Renauto).

Com relação às lombadas eletrônicas, que foram removidas do trevo perto da estação rodoviária, os controladores de velocidade deverão ser reposicionados em outro local. A Prefeitura já encaminhou solicitação para que os equipamentos sejam instalados no trecho do bairro Panorama, onde também existe dificuldade na travessia e não existem obras previstas nesta primeira etapa.

O diretor-técnico destaca que as obras na RSC 287 são de responsabilidade da EGR e com finalização prevista ainda na atual gestão estadual. “Outras obras, previstas no programa de concessão, serão de responsabilidade da concessionária que assumirá o trecho”, conclui Luís Fernando Vanacôr.

0 Comentários

Deixe um Comentário

treze + vinte =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página