Prefeitura vai fazer obras para facilitar travessia no trecho do bairro Santo Antônio - Crédito: Guilherme Baptista/FN

O secretário de Logística e Transportes do RS, Juvir Costella, assina nesta quinta-feira, dia 28, a autorização para que o município possa realizar obras na RSC 287, resolvendo um problema histórico marcado por acidentes e mortes nas últimas décadas. A solenidade será na Câmara de Vereadores de Montenegro, às 14h.

A rodovia é estadual e atualmente é mantida pela Empresa Gaúcha de Rodovias, que elaborou um projeto com rótulas e intervenções nos principais trechos do perímetro urbano, com destaque para as ligações entre o Centro e os bairros Santo Antônio e Panorama. Só que o custo estimado superou os R$ 20 milhões, sem garantia de execução pelo Estado e impossível de ser suportado pelos cofres municipais. Surgiu então um projeto adaptado pela estudante de Engenharia Civil Nicole Streit, de Pareci Novo, com um orçamento projetado em cerca de R$ 3 milhões. A ideia foi apresentada ao prefeito Gustavo Zanatta e ele decidiu não mais esperar, solicitando ao Estado a autorização para realizar a obra com recursos próprios da Prefeitura.

A EGR analisou o estudo e também fez mais ajustes, concluindo um projeto viável e seguro. Faltava apenas o “sim” ao pedido do prefeito. Nesta quinta-feira, a assinatura do termo de convênio entre Estado e Município dará o pontapé inicial para atender a um pedido de muitos anos da comunidade, após diversos protestos, reuniões e até interrupções da via para marcar a indignação dos moradores com o descaso das autoridades políticas. “No primeiro mês de mandato, estamos encaminhando um pedido de muitas décadas da comunidade. Muitas promessas foram feitas, agora essas pessoas merecem respostas e soluções completas”, afirma Zanatta.

O prefeito pondera, por outro lado, que o ato de quinta-feira é um passo importante, mas a população deve estar consciente de que as obras dependem de outras ações. Primeiro, será preciso abrir licitação para definir a empresa que fará os trabalhos e, só então, a construção iniciará efetivamente. Os recursos já estão reservados. Inicialmente devem ser construídas rótulas nos cruzamentos da RSC 287 com as ruas Ramiro Barcelos (Trevo do Ipiranga) e Coronel Antônio Inácio (Trevo da Renauto), ambos na altura do bairro Santo Antônio. Mas a Prefeitura também estuda outras alternativas, como a construção de passarela no trecho do bairro Panorama.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here