João Vilso atuou nas Prefeituras de Montenegro, Maratá, Pareci e Capela de Santana - Reprodução/FN

A Administração Municipal de Montenegro, através do prefeito Gustavo Zanatta e do vice-prefeito Cristiano Braatz, manifestou o seu pesar pelo falecimento de João Vilso Cruz, de 55 anos de idade. Morador da localidade de Costa da Serra, ele atuou em diversas atividades na área pública. Na Prefeitura, foi secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo entre 2016 e 2017. Já na Câmara de Vereadores foi assessor parlamentar e secretário geral. O legislativo municipal também emitiu nota de pesar, em nome do presidente, vereador Juarez Vieira da Silva, lamentando com profundo pesar o falecimento de João Vilso.

O município de Capela de Santana, onde João Vilso trabalhava como fiscal tributário desde 2 de setembro de 2019, decretou luto oficial de três dias. Em nota, o prefeito José Alfredo Machado e toda a administração municipal presta condolências à famílias do servidor que era tão querido por todos os colegas.

O ex-prefeito de Maratá, vereador Gilberto Reidel, lembra que João Vilso atuou na Prefeitura como assessor de comunicação, de 2009 a 2012. “Era um ser humano incrível. Querido demais por todos. Sempre prestativo em tudo que participava. Homem de uma inteligência ímpar. Sentiremos muito a sua falta”, diz.

João Vilso também atuou na Prefeitura de Pareci Novo e por muitos anos na Viação Montenegro. Era muito envolvido também com as associações comunitárias.

Após ter sido diagnosticado com a Covid-19, estava em casa, medicado e se recuperando. Mas na manhã desta quarta-feira acabou sofrendo uma parada cardíaca e não resistiu, vindo a falecer antes de chegar ao hospital. Deixa esposa e dois filhos. A despedida ocorreu hoje, com velório na Costa da Serra e no final da tarde o encaminhamento para o Crematório Jardim da Memória em Novo Hamburgo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here