Campani esclarece sobre a questão do tratamento precoce contra o coronavírus

Reprodução/FN

O prefeito de São Sebastião do Caí, Júlio Campani, fez uma manifestação através de áudio gravado e postado no facebook da Prefeitura, esclarecendo sobre a questão do tratamento precoce contra o coronavírus. O tema é polêmico, tanto que gerou dezenas de comentários na postagem, já que o assunto divide opiniões, inclusive entre os próprios médicos. Alguns municípios disponibilizam o chamado kit Covid composto por medicamentos como ivermectina, azitromicina e hidroxicloroquina. Entretanto, o uso dos medicamentos não é indicado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para esse tipo de tratamento.

No áudio, Campani teceu alguns comentários sobre o tratamento precoce. Diz que tem escutado muitos comentários sobre por que a Secretaria Municipal da Saúde não recomenda a utilização do kit, que é tão falado. Deixa claro que o prefeito, o vice-prefeito e a secretária da saúde não têm o poder de determinar aos médicos que prescrevam o tratamento precoce. “Estamos conversando com os médicos, trocando idéias, recomendando e sugerindo. Mas a responsabilidade na prescrição dos medicamentos é exclusiva dos médicos. Não temos como exigir que prescrevam para cada um que procura a assistência na Secretaria Municipal da Saúde”, esclarece. Ressaltou ainda que os médicos têm alertado que existe uma grande divergência na literatura médica, já que alguns médicos defendem o tratamento precoce e outros entendem que os medicamentos não são eficazes.

0 Comentários

Deixe um Comentário

16 + onze =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página