Crédito: Polícia Civil

A Polícia Civil de Barão recebeu, nos últimos dias, pelo menos seis denúncias de práticas de abusos contra menores, na faixa dos dois aos oito anos de idade. Os fatos, que já estão sendo investigados, teriam ocorrido num mesmo ponto, onde crianças passaram a ser cuidadas quando do início da pandemia.

Conforme relatos, os abusos teriam sido praticados por um adolescente, filho da cuidadora. Já a mulher também foi denunciada por possíveis práticas de maus tratos contra os menores.

Embora a situação venha tendo considerável repercussão no Município, o delegado André Roese, que vem respondendo interinamente pela DP local, reforça a necessidade de se ter cautela na apuração das denúncias e que a população não tome atitudes precipitadas. “Estamos em fase de perícias técnicas, em Porto Alegre e Bento, para poder ouvir essas crianças. Em razão da idade, elas devem ser ouvidas por profissionais, no CRAI”, afirmou, em entrevista à Rádio Estação, de Carlos Barbosa. Além das oitivas, as crianças também serão submetidas a perícias físicas.

A cuidadora poderá ser ouvida nesta sexta-feira pela polícia. Medidas administrativas, contudo, já foram tomadas junto à prefeitura para que o local não receba mais crianças para cuidados enquanto se busca o esclarecimento das denúncias.

“As famílias que tiveram contato com essa situação aí, caso exista alguma suspeita a partir de lesões ou relatos feitos pelas crianças, devem se dirigir a delegacia para que os casos também tenha investigação”, completou o delegado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here