Motorista morre 18 dias após sofrer acidente

Antônio Cezar Figueiredo de Oliveira, de 56 anos, tinha ido buscar a esposa Tânia na hemodiálise do HM Regional - Crédito: Álbum de Família

Antônio Cezar Figueiredo de Oliveira, de 56 anos, faleceu no início da tarde da última segunda-feira, dia 20, na UTI do Hospital Montenegro (HM Regional). Ele foi sepultado na tarde do dia seguinte, terça-feira, no cemitério de Nova Santa Rita. “Toni”, como também era conhecido, morreu dezoito dias após o grave acidente ocorrido no final da manhã de 2 de maio, uma quinta-feira, no km 39 da ERS-124, em Montenegro.

Casa de Antônio e Tânia foi afetada pela enchente em Porto Garibaldi
– Crédito: Reprodução

Antônio era morador da localidade de Porto Garibaldi, próximo da BR-386, em Montenegro. No mesmo dia do acidente ainda tentou salvar alguns pertences em sua casa, que foi bastante afetada pela enchente. Depois foi em seu automóvel Fiesta buscar a esposa Tânia, de 65 anos, que faz tratamento de hemodiálise no HM. Só que ao chegar no hospital soube que ela já tinha sido levada pela equipe da Secretaria da Saúde para a localidade de Vendinha, onde estava na casa de familiares devido a inundação. Ela explica que foi liberada antes e não tinha conseguido avisar o marido devido a falta de sinal no telefone. No retorno de Toni acabou ocorrendo a tragédia.

No acidente ocorreu colisão frontal entre o Fiesta de Antônio e um Fiat Uno com placas de Triunfo. O motorista do Uno morreu no local. Ederson da Costa Cavalheiro, de 42 anos, conhecido como “Edinho”, tinha 42 anos e morava na localidade de Bom Jardim do Caí, também em Montenegro. Uma passageira do Uno, de 33 anos, também foi levada ao HM.

Colisão entre Fiat Uno e Ford Fiesta ocorreu em 2 de maio na ERS-124

0 Comentários

Deixe um Comentário

doze − 4 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página