Deputados participam de protestos no pedágio do Caí e prometem acionar a Justiça

Deputados Adão Pretto (foto) e Sofia Cavedon estiveram reunidos com moradores junto ao free flow - Crédito: Reprodução

O novo pedágio free flow que foi instalado no km 4,6 da RS-122, no bairro Conceição, em São Sebastião do Caí, segue sendo alvo de muitos protestos, principalmente em razão do valor das tarifas que serão cobradas a partir deste mês de fevereiro.

Nesta semana dois deputados estaduais do Partido dos Trabalhadores (PT) estiveram no local, junto com moradores, manifestando contrariedade e prometendo ações junto ao Ministério Público e Justiça. “Vai prejudicar a economia da região e principalmente os moradores. A isenção de um carro por família é muito pouco. Vamos judicializar”, destacou o deputado Adão Pretto, citando o alto custo que terão as pessoas que trabalham ou estudam em outros municípios. “Vamos mobilizar a sociedade, procurar o Ministério Público e a Justiça, para denunciar este absurdo”, completou Pretto, que esteve no local na quinta-feira.

Deputada Sofia Cavedon também esteve junto ao free flow – Crédito: ReproduçãoA deputada Sofia Cavedon também esteve no pedágio, ontem, sexta-feira, juntamente com moradores e o vereador Dilson Pires. “Para que os moradores consigam isenção do pagamento, vamos encaminhar uma nova audiência pública na Assembleia Legislativa e reuniões com o Ministério Público e o Tribunal de Contas”, afirmou.

A cobrança no free flow está prevista para iniciar neste mês de fevereiro, com tarifa de R$ 12,30 para carros e R$ 6,20 para motos, enquanto para caminhões e ônibus pagam entre R$ 24,60 e 73,80, dependendo do número de eixos.

0 Comentários

Deixe um Comentário

13 − 8 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página